SEGURANÇA. Acaba em dezembro convênio que mantém a Força Nacional no Rio Grande. E depois?

SEGURANÇA. Acaba em dezembro convênio que mantém a Força Nacional no Rio Grande. E depois?

SEGURANÇA. Acaba em dezembro convênio que mantém a Força Nacional no Rio Grande. E depois? - correio-do-povo-força-nacional

Tropa federal no Rio Grande do Sul conta com 130 policiais militares e civis. Força Nacional está no Estado há dois anos e meio

Da redação do Correio do Povo, com foto de FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM (Agência Brasil)

O atual estadual da Segurança Pública, Cezar Schirmer, pretende questionar o grupo de transição de governo se existe o interesse em renovar o pedido de permanência da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) no Rio Grande do Sul. O convênio encerra em dezembro. A última renovação para a atuação da tropa federal, formada por cerca de 130 policiais militares e civis, além de peritos, ocorreu em julho deste ano, com prazo de 180 dias.

“A parceria com o governo federal tem sido muito importante nas ações desenvolvidas na Capital. O reforço dos agentes da FNSP permite que o efetivo da Brigada Militar seja direcionado para outros pontos, o que aumenta a nossa capacidade de pronta resposta”, observou Cezar Schirmer na época da assinatura do convênio que teve aval do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

A Força Nacional é composta por servidores das forças de segurança pública estaduais de todo o país que atuam por um período determinado e regressam às suas corporações de origem. A FNSP chegou a Porto Alegre em 28 de agosto de 2016.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *