SOBE/DESCE. Dos R$ 28 milhões contra a buraqueira à ‘crise dos celulares’. Confira os destaques da semana

SOBE/DESCE. Dos R$ 28 milhões contra a buraqueira à ‘crise dos celulares’. Confira os destaques da semana

SOBE/DESCE. Dos R$ 28 milhões contra a buraqueira à ‘crise dos celulares’. Confira os destaques da semana - maiquel-sobe-e-desce

Presidência da Câmara (via nota à imprensa) garante que maioria dos edis concorda com a decisão de barrar a proposta de Harrisson

Por MAIQUEL ROSAURO (com imagem de Reprodução), da Equipe do Site

Quando os analistas políticos de Santa Maria projetavam que uma “consciência de economicidade” emergia no Legislativo (sobretudo após Ovídio Mayer protocolar um projeto que transforma as sobras do orçamento da Câmara em emendas individuais), os vereadores surpreendem e indicam que não é bem assim. O recado que vem do Parlamento é claro e objetivo: “economia com o meu celular, não!”.

SOBE

Jorge Pozzobom (PSDB)

O prefeito assinou, na quarta (14), junto à Caixa, o contrato referente ao empréstimo de R$ 28 milhões do programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). A verba será usada na repavimentação e manutenção de vias.

Valdir Oliveira (PT)

O petista preside a Comissão Especial que acompanha a situação dos moradores das margens da linha férrea. Nessa semana, foram definidas as primeiras ações, que incluem reuniões com associação dos moradores, DNIT e audiência pública.

Ewerton Falk

O Viva o Natal 2018 foi lançado esta semana e promete surpresas aos santa-marienses. É uma boa oportunidade para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação alavancar o comércio local.

DESCE

João Ricardo Vargas (PSDB)

O secretário de Mobilidade Urbana entrou na mira da Comissão Especial do Legislativo que acompanha o Departamento Municipal de Trânsito (DMT). Em fiscalização na terça (13), os vereadores comprovaram o sucateamento do órgão.

Francisco Harrisson (MDB)

O vereador não conseguiu emplacar sua proposta que visava dar fim a cota de celular com internet dos vereadores paga com dinheiro público. Na Mesa Diretora, apenas o emedebista votou a favor da iniciativa.

Adelar Vargas – Bolinha (MDB), Juliano Soares – Juba (PSDB), Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), Deili Silva (PTB) e Ovidio Mayer (PTB)

O quinteto da Mesa Diretora barrou a proposta de Harrisson e provocou a ira dos munícipes nas redes sociais. Acossada com a repercussão, a presidência da Casa divulgou uma nota afirmando que a decisão tem o respaldo da maioria dos vereadores.



1 comentário

  1. O Brando

    Como Vargas recebeu o DMT? Vereadores fiscalizaram isto?
    Respaldo da maioria dos edis, kuakuakuakua. Se acham um monte, kuakuakuakua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *