(IN)SEGURANÇA. Mais dois homicídios. Agora já são três os assassinatos em menos de 36 horas na cidade

(IN)SEGURANÇA. Mais dois homicídios. Agora já são três os assassinatos em menos de 36 horas na cidade

COM ACRÉSCIMO DE INFORMAÇÕES ÀS 14H45

(IN)SEGURANÇA. Mais dois homicídios. Agora já são três os assassinatos em menos de 36 horas na cidade - polícia-2Na noite de sexta-feira, como você leu AQUI  na manhã de ontem, foi morto o detento do regime semiaberto Silvio Alan Machado Sartori, de 34 anos. A polícia ainda não anunciou a prisão de ninguém.

Pois, agora, na noite de ontem e na madrugada de hoje, outros dois crimes de morte foram registrados na cidade, ainda sem a identidade divulgada. São, somados, 52 assassinatos em 2018.

Conforme nota disponível no site GaúchaZH (AQUI), no primeiro caso, a vítima foi Jackson Adriano de Lima Cristino, 21 anos, atingido por disparos de pistola. No segundo, foi morto a tiros Carlos Alexandre Ferreira Leite, 35 anos. Ambos tinham passagem pelo sistema prisional, segundo a Brigada Militar.

Mais detalhes sobre esses dois casos mais recentes, ainda que sem os nomes agora confirmados, você tem no material publicado no site do Correio do Povo, em reportagem de Renato Oliveira. Acompanhe:

Santa Maria registra dois homicídios em menos de 12 horas

Duas pessoas foram mortas em Santa Maria em menos de 12 horas. Os crimes ocorreram na noite de sábado e na madrugada deste domingo.

O primeiro foi registrado às 20h30min de sábado, no bairro Nova Santa Marta, região oeste do município. Um jovem de 21 anos foi morto depois que duas pessoas invadiram o pátio da casa onde ele estava e atiraram contra ele.

O segundo ocorreu por volta das 5h30min deste domingo, no bairro Salgado Filho. A vítima, de 35 anos, foi alvejada por diversos tiros. 

Com estes dois crimes nas últimas horas, Santa Maria registra o terceiro homicídio deste final de semana. Ainda na sexta-feira, um homem foi morto com golpes de faca no pátio do Presídio Regional.” 

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



1 comentário

  1. O Brando

    Bancos sendo explodidos pelo novo cangaço. Presídios dominados por facções. Não é só aqui, pelo país afora. Criam uma tal ‘ Ordem do Mérito da Segurança Pública’. Entre os agraciados Schirmer (delegado Emerson Wendt, chefe da policia civil também foi agraciado).
    Também agraciado Toffoli. Eunício Oliveira. Rodrigo Maia. Collor. Ilona Szabó (do Instituto Igarapé, ONG???, defendem o desarmamento, a liberação das drogas, etc; cheio de ‘especialistas’ em segurança pública). Renato Sergio de Lima, mesmo time. Rubem Cesar Fernandes, idem, ONG Viva Rio. Acompanha uma trezena de militares.
    Busílis é simples, em países sérios, quando não existe alguém em condições de receber determinadas premiações, a mesma não é conferida. Brasil é o país do surrealismo diário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *