PolíticaSanta Maria

LUNETA ELETRÔNICA. Protesto de motoristas, artigo rejeitado na Câmara, ambulâncias, funerárias, feirão…

Dirigentes da ATASM e da Aprotesm protestaram em frente à Câmara na manhã de quinta (foto Camila Porto Nascimento/AICV)

Por MAIQUEL ROSAURO (com Claudemir Pereira), da Equipe do Site

* A Associação dos Condutores de Táxi de Santa Maria (ATASM) e a Associação dos Proprietários de Transporte Escolar (Aprotesm) realizaram uma grande manifestação, na manhã de quinta (6), em carreata pelas ruas centrais de Santa Maria.

* O ato foi finalizado em frente à Câmara de Vereadores, onde os representantes das entidades pediram a saída de João Ricardo Vargas (PSDB) da Secretaria de Mobilidade Urbana.

* Segundo as entidades, há um grande número de carros particulares e vans ilegais realizando transporte escolar. Outra reclamação é sobre o grande número de carros ilegais e clandestinos em circulação no município sem a fiscalização efetiva do Executivo.

* O vereador Juliano Soares – Juba (PSDB) tentará fazer o meio de campo, promovendo uma audiência entre o secretário e as entidades.

* A assessoria de imprensa da Secretaria de Mobilidade Urbana informou ao site que, há alguns meses, ocorreu uma reunião com a Aprotesm, sendo que Vargas disponibilizou um canal direto de comunicação com a entidade.

* Pelo menos duas ambulâncias, em breve, serão liberadas para Santa Maria. Este é o principal saldo da reunião, na quarta (5), em Brasília, entre uma comitiva de Santa Maria e o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

* Participaram da reunião os vereadores Alexandre Vargas (PRB), Marion Mortari (PSD) e Vanderlei Araujo (PP), além da secretária municipal de Saúde, Liliane Mello Duarte. O encontro com o ministro foi intermediado pelo senador Lasier Martins (PSD). (Para saber mais detalhes, clique AQUI)

* Por 15 votos a 5, os vereadores rejeitaram requerimento da vereadora Celita da Silva (PT) que solicitava inserção do artigo “Sobre Processos e Professores”, de autoria do advogado e professor universitário Giorgio Forgiarini, nos anais da Câmara.

* O artigo foi publicado no jornal Diário de Santa Maria, em 29 de novembro, e trata da perseguição aos professores frente ao projeto Escola Sem Partido.

* Na sessão dessa quinta, foi aprovado o Projeto de Lei da vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), que torna obrigatório constar em todo estabelecimentos funerários e de saúde informações sobre como proceder para o sepultamento.

* O cartaz com as informações deverá ter a listagem de todas as funerárias do município e detalhes sobre liberação do corpo, translado, hipóteses de gratuidade do funeral, recebimento do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) e órgãos responsáveis.

* Em sessão extraordinária, os vereadores aprovaram dois projetos (8788 e 8790) do poder Executivo. Ambos atualizam diretrizes da elaboração da Lei Orçamentária, conforme solicitação do Instituto de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Municipais (IPASSP).

* Neste sábado, dia 8, acontece mais um Feirão Colonial, mesmo que seja feriado municipal por conta da Padroeira de Santa Maria.

* Produtos coloniais, hortigranjeiros, caseiros, artesanato, da agroindústria familiar, lanches e grande variedade de produtos da economia solidária estarão disponíveis.

* O Feirão acontece das 7 às 11 e meia da manhã, no Centro de Referência e Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, na rua Heitor Campos, ao sul da Basílica da Medianeira.

* Promovido pelo Projeto Esperança/Cooesperança e grupos associados, o Feirão terão, desta vez, informa a organização, “oferta de pêssego orgânico de boa qualidade da comunidade de Jari”.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Há “vargas” esperanças para os taxistas… trânsito não se resolve disparando umas “ordens” e batendo “os cascos”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo