RETROSPECTIVA 2018. Uma tragédia em que pai e filho foram assassinados, 9ª nota mais lida deste ano

RETROSPECTIVA 2018. Uma tragédia em que pai e filho foram assassinados, 9ª nota mais lida deste ano

RETROSPECTIVA 2018. Uma tragédia em que pai e filho foram assassinados, 9ª nota mais lida deste ano - retrô-1Houve muitas notícias tristes em 2018. Algumas delas você ainda relembrará, porque foram campeãs de audiência. Mas esta, acontecida naquele sábado, 3 de março, chocou por algumas peculiaridades. Uma delas é o improvável. Poderiam ser quaisquer outros. Mas foram os integrantes daquela família.

O resultado é que uma das notas que tratou do assunto, um combinado de informações de várias fontes, se transformou na 9ª mais lida deste ano no www.claudemirpereira.com.br. Ela foi publicada no início da tarde daquela triste sabatina.  Ah, apenas para complementar: o autor dos crimes morreria, dias depois, no Hospital Universitário. Quanto a notícia, ela está a seguir, se você desejar reler:

RETROSPECTIVA 2018. Uma tragédia em que pai e filho foram assassinados, 9ª nota mais lida deste ano - retrô-9

Gilberto Mendes, garçom bastante conhecido, é uma das vítimas do duplo homicídio (e duas tentativas) no centro, no início da manhã

(IN)SEGURANÇA. Conhecidos nomes dos mortos, dos feridos na Floriano Peixoto e, agora, também do autor

No Correio do Povo, com informações de RENATO OLIVEIRA e LAURA GROSS e fotos de Reprodução

Um homem ainda não identificado matou duas pessoas e feriu outras duas no Centro de Santa Maria, na Região Central do Estado, na manhã deste sábado. A polícia prendeu o autor dos disparos, que usava um colete a prova de balas.

No começo desta manhã, o atirador feriu Marcelo Tavares Fracari, de 37 anos, na Rua Floriano Peixoto, após pedir a chave de um carro. Em seguida, entrou em um prédio localizado na Rua Tuiuti e matou Gilberto Mendes, 62 anos, o filho Gabriel Mendes, de 16 anos, e feriu Vera Lúcia Brasil Gonçalves com um tiro no rosto. Ele ficou cerca de 1h30min trancado no quarto do apartamento até a polícia conseguir entrar no prédio e prender o autor dos disparos por volta das 8h30min.

O atirador está sendo atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade e em seguida será encaminhado para a Delegacia de Polícia. Conforme o delegado regional Sandro Meinerz, o homem responsável pelos disparos não tem condições de ser ouvido. Ele será encaminhado ao Hospital Universitário de Santa Maria.

A área segue isolada para perícia. Não há previsão de horário para liberar o trecho bloqueado na Rua Floriano Peixoto.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

NOTA DO EDITOR: Já é conhecida também a identidade do autor dos disparos que feriram Marcelo Tavares Fracari (37 anos) e Vera Lúcia Brasil Gonçalves (56) e mataram Gilberto Mendes, 62 anos, e Gabriel Mendes, de 16.

Trata-se, segundo a Polícia Civil, em material disponível (AQUI) na versão online do Diário de Santa Maria, de Diego Anderson Fontoura, 29 anos. Ele morava em Florianópolis, mas tem família em Santa Maria. Está, sob a custódia da Brigada Militar,  internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de onde deve ser levado à Penitenciária…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *