Agronegócio

ECONOMIA. Prefeitura concede certificado, e agroindústria passa a comercializar em todo o Brasil

Selo SISBI-POA foi entregue aos proprietários da agroindústria familiar, localizada no Bairro Passo das Tropas. Foto Deise Fachin

Por Maurício Araujo / Prefeitura de Santa Maria

Nessa quarta-feira (16), a Prefeitura de Santa Maria entregou o certificado do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA) à Agroindústria Familiar Dafrigo, localizada no Bairro Passo das Tropas. Com o selo concedido pelo Município, o estabelecimento pode comercializar seus produtos em todo o país. No Município, até então, somente a Linguiçaria Premium contava com o certificado.

Em um ato, o prefeito Jorge Pozzobom, o secretário de Desenvolvimento Rural, Rodrigo Menna Barreto, e os servidores do o Serviço de Inspeção Municipal (SIM ) entregaram o certificado ao proprietário da agroindústria, Carlos Carvalho. Foi um momento de muita alegria, já que, para obter o selo, o estabelecimento passou por rigorosas inspeções e precisou fazer adequações importantes para garantir a qualidade dos alimentos.

“Com esse certificado, a Dafrigo vai levar o nome de Santa Maria para todo o Brasil. Nós só temos a agradecer ao trabalho de vocês e parabenizar por esta conquista”, disse o prefeito Jorge Pozzobom.

“As mudanças não são só nos estabelecimentos, já que a Prefeitura também investiu no seu Sistema de Inspeção Municipal para poder avaliar os estabelecimento e conceder o SISBI. A partir de agora, essa agroindústria pode comercializar seus produtos com a garantia de qualidade e de segurança alimentar”, finalizou o secretário de Desenvolvimento Rural.

Santa Maria conta com o Serviço de Inspeção Municipal e é um dos 17 municípios brasileiros que podem conceder o selo SISBI. Nesta quinta-feira (17), a Agroindústria Santa Ema também receberá o certificado do Executivo.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo