TENHO DITO! A opinião das autoridades sobre a Rua Sete, entrevista amigável, Faixa de Gaza e muito mais

TENHO DITO! A opinião das autoridades sobre a Rua Sete, entrevista amigável, Faixa de Gaza e muito mais

TENHO DITO! A opinião das autoridades sobre a Rua Sete, entrevista amigável, Faixa de Gaza e muito mais - Rua-Sete-Carla-Torres

Bloqueio da Rua Sete de Setembro, na quinta (3), rendeu as principais declarações da semana passada. Foto Carla Torres / Divulgação

Por Maiquel Rosauro

1. “Por causa de um convênio mal feito, assinado lá em 2004, temos que interromper uma via fundamental, que liga o Centro à Zona Norte de Santa Maria. E, se não fizermos isso, o Município, que já está em dificuldades financeiras terá que pagar uma multa de R$ 15 milhões. Esse é o preço da irresponsabilidade do passado!”.
Prefeito Jorge Pozzobom (PSDB), sobre o bloqueio da Rua Sete de Setembro.

 

2. “Não há qualquer arrependimento pela assinatura, em 2004, do convênio com o governo Federal que viabilizou a construção do Viaduto da Gare, localizado na Avenida Rio Branco, e da Avenida dos Ferroviários. Pelo contrário, o sentimento é de orgulho, pois essas obras são reivindicações de mais de 40 anos da comunidade da Região Norte de Santa Maria”.
Deputado estadual Valdeci Oliveira (PT), sobre a Rua Sete de Setembro. Em 2004, o petista era prefeito de Santa Maria.

 

3. “Muro da vergonha por culpa de uma administração irresponsável em 2004. E ainda dizem e afirmam não estarem arrependidos e sim orgulhosos. Vergonha, vergonha, vergonha. Queremos e exigimos explicações”.
Vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), sobre a Rua Sete de Setembro.

 

4. “Nosso prefeito não quis apresentar alternativas ao DNIT para impedir o fechamento da Rua Sete. Este cenário foi, obviamente, planejado para colocar a culpa no Partido dos Trabalhadores, que fazia a gestão municipal na época de construção do viaduto da Gare”.
Vereador Valdir Oliveira (PT), líder da oposição no Legislativo, sobre a Rua Sete de setembro.

 

5. “Se a Rua 7 dependesse de aproveitadores pra reabrir hoje teria um baita desfile lá. Quanta gente acordou pra vida!!! O mais incrível é inocentar quem assinou o acordo que previa em 2004 o fechamento da rua. Achar que é normal assinar um acordo e depois jogar a culpa nos sucessores é um papel ridículo, decepcionante até. Vamos JUNTOS achar uma saída ou vamos ficar querendo palanque? Propostas são bem vindas”.
Vereador Francisco Harrisson (MDB), sobre a Rua Sete de Setembro.

 

6. “É inacreditável que se questiona a realização de uma obra que resolveu um problema de praticamente meio século de reclamações e choramingos. Queriam o quê? O certo seria o prefeito dizer: “obrigado, governo federal, mas vou recusar esses milhões de reais e deixar que outro município construa um viaduto para beneficiar a sua comunidade”. Coloquem uma cancela ali, apresentem para Brasília e tá resolvido a questão. Menos discurseira e mais ação”.
José Alencar, leitor do site, sobre a Rua 7 de Setembro.

 

7. “Entrevista foi tanto ‘na cumpadragem’ que o prefeito pediu para fazer duas vezes por ano. Uma maravilha ‘jornalistas’ que, além de não fazerem o ‘tema de casa’, não ‘apertam’ o entrevistado nunca. Se ele afirma ‘arrumamos 32 pontes’, poderia ter dito 40 ou 50 ou 20. Ninguém sabe se o número está correto. Alguém pode questionar: ‘mas não se confia na palavra da autoridade?’. Obvio que não”.
O Brando, leitor do site, sobre entrevista com o prefeito Jorge Pozzobom publicada na terça-feira (1º).

 

8. “E não venham com discurso ‘pelo bem da cidade’. Acabou a paz. Agora é Coreia do Norte ou Faixa de Gaza mesmo”.
Fonte graúda do site sobre a nova relação da oposição com o governo Pozzobom.

 

9. “Essas são obras que irão marcar a cidade. É algo extremamente importante e precisamos de todo o empenho dos nossos servidores para apresentarmos o melhor serviço possível”.
Vice-prefeito e secretário interino de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sergio Cechin (PP), sobre o trabalho de recuperação das ruas que inicia na terça-feira (8).

 

10. “Os dois primeiros anos foram extremamente positivos, já que conseguimos implementar propostas que são pilares do Governo Municipal. Mas, ainda temos bastante trabalho a fazer e já estamos dando início a eles”.
Secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ewerton Falk, comentando a gestão Pozzobom.



1 comentário

  1. O Brando

    Kuakuakuakua. Coréia do Norte ou Faixa de Gaza, que dramalhão mexicano. Kuakuakuakua

    Responsabilidade pelo imbróglio é sem dúvida de Valdeci Oliveira. Ele assinou o convenio e estava previsto o muro. O resto é mimimi.
    Não se sabe a existência de possibilidade de consertar a situação, novo governo fala em cumprimento de contratos.
    Há uma ressalva. Não existe intervenção na urb que não traga descontentes. Sempre tem alguém reclamando. Coisas da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *