CULTURA. Produtores apresentam projetos para democratizar a cultura em Santa Maria

CULTURA. Produtores apresentam projetos para democratizar a cultura em Santa Maria

CULTURA. Produtores apresentam projetos para democratizar a cultura em Santa Maria - Masm

Iniciativa inédita no Município conta com recursos de R$ 187,5 mil para financiar 19 ações culturais. Foto João Alves

Por Manuela Vasconcellos / Prefeitura de Santa Maria

A cena cultural de Santa Maria terá muitas atividades nos próximos meses. Representantes dos projetos selecionados no edital ‘Apoio à produção artística e cultural de Santa Maria’ apresentaram, nessa terça-feira (19), no Museu de Artes de Santa Maria (MASM), as ações que estão sendo planejadas para os santa-marienses ao longo deste ano. O prefeito Jorge Pozzobom, que prestigiou a cerimônia, conheceu cada um dos projetos. Entre eles, estão apresentações e oficinas teatrais em escolas das zonas urbanas e rurais, exibições abertas de audiovisuais, maratona de literatura e shows musicais, além de acessos gratuitos a espaços culturais, como Theatro Treze de Maio e Teatro Universitário Independente (TUI), da UFSM.

O objetivo é descentralizar a cultura, levando ações para diversos lugares de Santa Maria, além de incentivar artistas e produtores em diferentes segmentos. A iniciativa é pioneira no Município. O edital conta com recursos de R$ 187,5 mil para a realização dos trabalhos selecionados, sendo R$ 150 mil do Pró-Cultura RS e R$ 37,5 mil de contrapartida da Prefeitura.

“É um projeto inovador e de grande orgulho para todos nós. Tanto que, informalmente, estamos chamando de ‘Cultura para Todos’. Santa Maria é Cidade Cultura e temos de mostrar que trabalhamos para fortalecer este título. Estamos fazendo a economia da Cultura, e não economia na Cultura”, afirma Pozzobom.

Ao todo, foram inscritos 41 projetos. Destes, 19 foram contemplados em 13 diferentes áreas. Algumas, até então, pouco apoiadas pelo Poder Público, como composição musical, oficinas de literatura e workshops com intervenção cênica. Como compensação, os projetos devem contemplar ações voltadas aos santa-marienses, com a intenção de democratizar a cultura.

“Não fazemos nada sem a técnica e o apoio dos produtores culturais. Este é um primeiro impulso, voltado aos agentes da cultura e, principalmente, à população, e estamos aproveitando da melhor forma”, explica a secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Marta Zanella.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *