INTERNET. Mais de 133 mil denúncias de crimes cibernéticos foram registradas ano passado no Brasil

INTERNET. Mais de 133 mil denúncias de crimes cibernéticos foram registradas ano passado no Brasil

Do portal especializado PODER360, com imagens de Reprodução

INTERNET. Mais de 133 mil denúncias de crimes cibernéticos foram registradas ano passado no Brasil - poder360-internet-foto

Crimes cibernéticos mais que dobraram em um ano, segundo a SaferNet Brasil

A quantidade de denúncias de crimes na internet registrou uma alta de 109,5% em 2018, segundo a associação SaferNet Brasil. O principal aumento se deu nas queixas de crimes contra mulheres.

A informação foi divulgada nesta 3ª feira (5.fev.2019), Dia Mundial da Internet Segura.

A SaferNet Brasil é uma associação civil de direito privado; o levantamento foi feito em parceria com o Ministério Público Federal. Foram 133.732 queixas de crimes no ano passado, ante 63.698 em 2017.

A associação recebe as denúncias, que são anônimas, pelo site da Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos.

Os principais crimes entre as denúncias são relacionados a pornografia infantil, conteúdos de apologia e incitação à violência e a crimes contra a vida e violência contra mulheres. O maior aumento, de 1639%, foi registrado nos crimes contra mulheres.

Confira a lista dos principais temas:

INTERNET. Mais de 133 mil denúncias de crimes cibernéticos foram registradas ano passado no Brasil - poder360-internet-tabelaEm relação a crimes sexuais, o Código Penal foi alterado em 2018  e passou a punir com reclusão, de 1 a 5 anos, o ato de “oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, vender ou expor à venda, distribuir, publicar ou divulgar, sem o consentimento da vítima, cena de sexo, nudez ou pornografia”.

PARA LER NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *