CIDADE. Prefeitura e as autoridades de segurança pública fecham quatro distribuidoras de bebida de SM

CIDADE. Prefeitura e as autoridades de segurança pública fecham quatro distribuidoras de bebida de SM

CIDADE. Prefeitura e as autoridades de segurança pública fecham quatro distribuidoras de bebida de SM - correio-do-povo-fiscalização-sm

Uma kombi era usada para a venda de bebidas. Entre as constatações, até um racha de automóveis e motos na avenida Hélvio Basso

Do portal do Correio do Povo, com texto e foto de RENATO OLIVEIRA

Apesar de Santa Maria, na região central do Estado, não ter carnaval de rua este ano, uma operação envolvendo fiscais da prefeitura, Guarda Municipal, Brigada Militar e Departamento Municipal de Trânsito vem sendo realizada para conter a perturbação pública.

Uma das ações ocorreu na Praça dos Bombeiros (lado do quartel da corporação), na rua Coronel Niederaur, onde ocorreu em duas noite carnaval promovido pela comunidade. “Atendemos às denúncias, que tem o maior foco na perturbação pública, como aglomeração de pessoas e som alto, fiscalização de alvarás e cumprimento do horário de fechamento”, informou o secretário de Mobilidade Pública, João Vargas.

Durante a ação, foram apreendidos os produtos que estavam sendo vendidos na praça, incluindo chope. O espaço público estava sendo usado para a venda bebidas alcoólicas, informou o secretário. Uma revenda de bebidas que fica na avenida Borges de Medeiros foi fechada por três vezes, entre a noite de quinta-feira (1°) e a madrugada de sábado (2), por desobediência no horário de funcionamento.

Durante a operação também foram fechadas outras três distribuidoras de bebidas: uma na região Oeste do municipio e outras duas na rua Silva Jardim, por funcionamento sem alvará. Outros quatro estabelecimentos foram vistoriados, e não estavam cumprindo horário de fechamento.

Na avenida Hélvio Basso, os agentes flagraram um racha entre veículos e motos. Segundo o  superintendente da Guarda Municipal, Sandro Nunes, além das denúncias, a Operação Sossego Público ocorre em locais com irregularidades. O relatório será encaminhado ao Ministério Público.

PARA LER NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *