UFSM. Sindicato docente convoca assembleia. Entre temas a debater, luta contra a Reforma da Previdência

UFSM. Sindicato docente convoca assembleia. Entre temas a debater, luta contra a Reforma da Previdência

Por FRITZ R. NUNES (texto e foto), da Assessoria de Imprensa da Seção Sindical dos Docentes da UFSM

UFSM. Sindicato docente convoca assembleia. Entre temas a debater, luta contra a Reforma da Previdência - sedufsm-2

Presidente da Sedufsm, Júlio Quevedo, dirige assembleia desta quarta

A diretoria da Seção Sindical dos Docentes da UFSM (Sedufsm) convocou uma assembleia de professoras e professores para a próxima quarta, 13 de março. O horário marcado é às 17h (em primeira chamada) e o local é o Auditório Suze Scalcon da Sedufsm.

Conforme a direção do sindicato, o local foi escolhido devido à inexistência, neste dia, de espaços no campus da UFSM para a realização do encontro. Um dos principais pontos de pauta da assembleia é o debate sobre o dia 22 de março, apontado pelas centrais sindicais como Dia Nacional de Luta, protesto e paralisação contra a reforma da previdência. A data é um primeiro movimento, durante o governo de Jair Bolsonaro, com o intuito de fortalecer o sindicalismo para uma greve geral.

Além desse ponto, outros temas também estão incluídos na pauta, como por exemplo, a apresentação por parte de quem esteve no 38º Congresso do ANDES-SN (28 de janeiro a 2 de fevereiro, em Belém-PA) de um relatório sobre a participação; uma análise de conjuntura no contexto da reforma da previdência; e uma discussão sobre o 14 de março, dia nacional de luta contra a criminalização dos movimentos sociais.

Confira os detalhes da assembleia:

Dia: 13 de março (quarta-feira)

Hora: 17h (1ª chamada) e 17h30 (2ª chamada)

Local: Auditório Suze Scalcon da Sedufsm (rua André Marques, 665)

Pauta

  1. Informes;
  2. Análise de conjuntura e reforma da previdência;
  3. Relatório da delegação da Sedufsm referente ao 38º Congresso do ANDES-SN;
  4. Atividades de 14 de março: Dia Nacional de luta contra a criminalização dos movimentos sociais;
  5. Atividades de 22 de março: Dia Nacional de luta, protesto e paralisação contra a reforma da previdência, na construção da Greve Geral;
  6. Assuntos gerais.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI .



1 comentário

  1. O Brando

    Se tivesse expectativa de receber aposentadoria de 15/20 contos também ficaria preocupado. Alás, todo mundo preocupado com a paralisação das criaturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *