ARTE. 68 anos das irmãs franciscanas em SM e o Museu Histórico e Cultural que as religiosas mantêm

ARTE. 68 anos das irmãs franciscanas em SM e o Museu Histórico e Cultural que as religiosas mantêm

ARTE. 68 anos das irmãs franciscanas em SM e o Museu Histórico e Cultural que as religiosas mantêm - giulimar-imagens

Imagens no prédio espelhado da Medianeira. Ali funciona (e está disponível) o Museu Histórico e Cultural das Irmãs Franciscanas

Por GIULIMAR MACHADO (com foto de Roselâine Corrêa), especial para o Site (*)

Muitos carros e pessoas passam pela Avenida Medianeira mas não sabem da historia que se encontra nos prédios ao lado do supermercado Nacional.

Já a primeira vista, um prédio com uma fachada espelhada, que chama atenção de quem passa pelo local, com arvores que envolvem os restantes prédios, dando a ideia de um lugar com conforto e segurança. E é ali que está o Museu Histórico e Cultural das Irmãs Franciscanas (MHIF)

A Sociedade Caritativa e Literária São Francisco de Assis – Zona Norte, Scalifra-ZN, foi fundada pelas Irmãs Franciscanas da Penitência e Caridade Cristã, em 31 de julho de 1951. A instituição é pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, mantenedora de estabelecimentos de Educação Básica, Ensino Profissionalizante e Ensino Superior. Está presente nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

Nesses 68 anos de historia, os registros estão guardados exatamente no MHIF. Fundado em 16 de novembro de 2007, o objetivo é divulgar o acervo de valores históricos, artísticos e da natureza cultural da Congregação das Irmãs Franciscana.

Com isso, o Museu conta a história das seis irmãs lideradas pela a Madre Ana Moeller, que saíram de Kapellen, na Alemanha, no mês de março de 1887. Com destino à cidade de São Leopoldo, RS, as irmãs chegaram em 2 de abril. Recebidas com alegria pela população, a missão das irmãs era propagar a vida franciscana nas terras brasileiras.

Além de resgatar as historias das seis irmãs, o Museu realiza outras exposições, a cada seis meses. Neste primeiro semestre, a mostra conta a história da evolução da comunicação.

A exposição “Imagem e Som: A comunicação conta sua história” está disponível na Sede da Sociedade Caritativa e Literária São Francisco de Assis – Zona Norte.

Os materiais expostos variam entre televisores como a Colorado RQ de 1972, rádios da década de 60 que funcionam com sistema a válvula, aparelhos de VHS e DVD, além de câmeras fotográficas, filmadoras, projetores antigos e entre outros materiais.

A visita para a exposição esta aberta até o dia 9 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h, na sede da Scalifra-ZN.

A visitação não tem custo e pode ser autoguiada pelas etiquetas de identificação dos materiais. E há ainda a possibilidade de agendar uma visita guiada para grupos de pessoas e turmas escolares entrando em contato com o Museu das Irmãs Franciscanas pelo telefone (55) 3220-5525.

(*) Giulimar Machado é acadêmico de Jornalismo da Universidade Franciscana e faz seu “estágio supervisionado” no site



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *