PÁSCOA. Sorriso no rosto e amor no coração: uma ação do Rotaract SM Liberdade beneficia 12 crianças

PÁSCOA. Sorriso no rosto e amor no coração: uma ação do Rotaract SM Liberdade beneficia 12 crianças

PÁSCOA. Sorriso no rosto e amor no coração: uma ação do Rotaract SM Liberdade beneficia 12 crianças - giulimar-2

Integrantes do Rotaract Club de Santa Maria e as Columbinas de Páscoa que fizeram a festa de um grupo de crianças de escola municipal

Por GIULIMAR MACHADO (com fotos de arquivo pessoal e Reinaldo Guidolin), especial para o Site (*)

A Páscoa é um momento muito especial para as famílias e principalmente para as crianças, e pensando nesse ato de bondade e de amor ao próximo o clube Rotaract Santa Maria Liberdade realizou um dia especial para 12 crianças do 4º e 5º ano da Escola Municipal Vicente Farencena, localizado no bairro Camobi.

O projeto solidário de Páscoa é realizado anualmente, e o clube sempre busca  inovar a cada ano e fugir um pouco do clichê de apenas distribuir chocolate. Nesse ano foi trazida como ideia a cultura trazida pelos imigrantes italianos, que costumavam produzir durante a Páscoa as columbinas, espécie de pombinhas feita com massa de pão.

A ação foi em conjunto com o Laboratório de Panificação do Colégio Politênico da UFSM, e foi intitulado de “Tem criança na cozinha – Columbinas de Páscoa”. As crianças tiveram a oportunidade de aprender a produzir columbinas de páscoa. O grande objetivo desta ação foi resgatar a cultura gastronômica desenvolvida por descendentes italianos no período de páscoa, onde se aproveitavam as sobras de massa de pão para desenvolver as tradicionais pombinhas. A cozinha é um lugar mágico e fazer as crianças colocarem a mão na massa pode trazer um aprendizado, e com a supervisão adequada, eles podem conhecer novos sabores, texturas e exercitar a sua criatividade.

Para Reinaldo Guidolin, um dos organizadores dessa ação voluntaria, o projeto serve como um aprendizado, uma satisfação de poder ver os sorrisos das crianças, em poder ensinar, de mostrar a importância de fazer o bem e ajudar o próximo e principalmente saberem o quanto podem contribuir para reduzir a desigualdade social no pais.

“A satisfação é poder ver o sorriso no rosto de cada criança, a curiosidade e o desejo delas em aprender algo novo. E para nós é uma grande oportunidade poder mostrar para eles como é bom e importante fazer o bem, pois eles é que serão o futuro da nossa sociedade e precisam saber o quanto podem contribuir para reduzir as desigualdades sociais em nosso país”, comentou Guidolin.

Essa não foi a primeira vez que o Rotaract Santa Maria Liberdade  realizou uma atividade social. No ano passado a ação foi realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental Ludovina da Rosa Rossi,onde as crianças poderão ter a oportunidade de criar espetinhos de chocolate. O sucesso do voluntariado está cada vez maior, que estão para surgir novos projetos alternativos aos ovos de chocolate, buscando produzir outros alimentos que pudessem despertar o desejo nas crianças e ao mesmo tempo possibilitar esse contato e troca de experiência entre os agentes participantes.

(*) Giulimar Machado é acadêmico de Jornalismo da Universidade Franciscana e faz seu “estágio supervisionado” no site



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *