SALA DE DEBATE. O Re.Viva Bozano, Supremo e a censura, a mídia em geral e a televisão em particular

SALA DE DEBATE. O Re.Viva Bozano, Supremo e a censura, a mídia em geral e a televisão em particular

SALA DE DEBATE. O Re.Viva Bozano, Supremo e a censura, a mídia em geral e a televisão em particular - sala-10

Este editor (E), o mediador Bisogno e os convidados: Marcelo Arigony, Antonio Carlos Lemos e Péricles Costa (foto Gabriel Cervi Prado)

A proposta e as ações da Prefeitura, que já começaram na Segunda Quadra da rua Doutor Bozano, o Re.Viva Bozano, abriram as discussões do dia no “Sala de Debate”, entre meio dia e 1 e meia da tarde, na Rádio Antena 1. Mas este não foi, taaalvez, o principal tema tratado pelos convidados do dia – Marcelo Arigony, Antonio Carlos Lemos e Péricles Lamartine Palma da Costa – com a mediação de Roberto Bisogno e a participação deste editor.

Ainda que as atitudes do Supremo Tribunal Federal, que em ato de censura impedem uma revista virtual de publicar notícia que envolve o presidente do STF, tenham recebido a devida atenção dos integrantes do programa, o fato é que o comportamento da mídia, sua regulação e particularmente a programação das emissoras de televisão (abertas, mais que outras) foram os assuntos que tomaram bastante (e mais) tempo ao longo do “Sala”.

PARA OUVIR O “SALA” DE HOJE, BLOCO POR BLOCO, CLIQUE NOS LINQUES ABAIXO!!!

 



6 comentários

  1. O Brando

    Isto, a segunda quadra é para a população, não um feudo dos proprietários de estabelecimentos. Alás, pensamento dos arquitetos que está na moda, cidade é para as pessoas, não para os veículos.
    Não confundir democracia com democratismo. Esta história de querer agradar todo mundo o tempo todo leva a paralisia.
    Povo de Santa Maria é mal educado, relaxado e tem fixação com as próprias conveniências, é sempre ‘trancaram meu caminho não sei onde’, ‘no meu caminho tem buraco’, ‘perto da minha casa tem barulho’, etc. Infantil é a palavra.
    Comparar igreja medieval com qualquer coisa no Brasil é dose. Em 84 a catedral de York Minster na Inglaterra também pegou fogo. Mesmo problema de madeira revestida com chumbo. Equipamento anti-incêndio praticamente impossível de instalar.
    Risotto é um prato a base de arroz (riso) cuja principal característica é a cremosidade. O que vai junto varia. O arroz é diferente, carnaroli, arborio, vialone nano, etc. Diferente do tradicional risoto da colonização do RS. Diferente do arroz com galinha. Diferente do arroz de carreteiro. Diferente do arroz de carroceiro. Diferente do arroz de china pobre.

  2. O Brando

    Bacalhau não é uma espécie de peixe, é um método de conservação (uma espécie de charque) que é utilizado em diversas espécies de peixes, sendo considerado ‘legitimo’ o que os falantes de língua inglesa chamam de cod fish.
    Teimoso é quem teima com teimoso.
    Cor da carne do salmão depende da dieta do peixe.

  3. O Brando

    Constituição é importante, mas não é tudo. Existe legislação abaixo dela que foi democraticamente produzida e tem importância também. Tem muita gente puxando a CF ‘ligeiro demais’ por conveniência.
    Indenização é uma coisa, enriquecimento sem causa é outra. Código de Processo Civil: ‘Art. 85. A sentença condenará o vencido a pagar honorários ao advogado do vencedor […] § 2o Os honorários serão fixados entre o mínimo de dez e o máximo de vinte por cento sobre o valor da condenação[,,,]’. Ou seja, quanto maior a indenização melhor para o causídico.
    Ninguém confunde nada. Pessoal do Molusco vive falando em regulamentação da mídia (incluindo a militância enrustida). Resposta é bem simples: não são confiáveis para tomar esta medida. Aconteceu na Argentina e prolongou os Kirchner com resultados nada bons. Aconteceu na Venezuela e deu no que deu. Alás, se o pessoal do B17 falar em regulamentar a mídia sou contra também.
    Papo sobre os Estados Unidos totalmente furado. Disney comprou divisão de tv e filmes da FOX. Para aprovarem o negócio vão ter que se desfazer de muita coisa, inclusive os canais do Brasil. Murdoch perdeu poder de direção, mas ficou com um bom naco acionário na Disney. Continua ainda com o setor de notícias.

  4. O Brando

    CADE, que é brasileiro aplicando regras nacionais, exigiu a venda da Fox Sports porque a Disney ficaria com esta e com a ESPN, ou seja, concentração. Logo, a ‘regulamentação’ mencionada já existe.
    STF tomou rumo errado. No mundo jurídico há os que se lhes for retirado o direito sobram verdadeiras nulidades. Há também os que nem isto é necessário. até mesmo porque pouco do direito dominam.
    Juizado Especial sem advogado é pedir para morrer.
    Regulamentação é do direito público, não da comunicação social. Logo, o carteiraço não procede.

  5. O Brando

    Não tentei ver o jogo do Gremio, mas dizem que em POA muita gente conseguiu, inclusive num bar. Por lá existe internet com fibra optica com 300 Mega para empresas. Conclusão é óbvia: instale fibra ótica.
    Só se poderia falar em direito do consumidor se o jogo fosse pay-per-view.
    Discovery, National e History, já passei por esta fase. Repete demais. Negócio são podcasts.
    Galvão Bueno tinha divida de milhões.
    Use filtro solar é texto de uma jornalista americana que na época que apareceu esqueceram de citar a fonte.
    Faustão tinha um programa em SP chamado ‘Perdidos na Noite’, era bom. Uma das ‘promoções’ do programa era ‘assista o Perdidos por 10 anos e ganha uma fita VHS com os melhores momentos da Rede Globo’.
    Atualidades Pampa volta e meia vira um circo. Tem um advogado metido a onisciente e um velho jornalista metido a intelectual. Pampa Debates é passável, problema é o vice presidente da emissora que é um mala.
    Pastora travestida de deputada, pegou pesado. Igreja errada.
    Alienígenas do passado? Kuakuakuakuakuakuakua! Tudo está explicado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *