FUTEBOL AMERICANO. Soldiers realiza campanha impecável, faz 40 a 0 e é campeão gaúcho pela 6ª vez

FUTEBOL AMERICANO. Soldiers realiza campanha impecável, faz 40 a 0 e é campeão gaúcho pela 6ª vez

FUTEBOL AMERICANO. Soldiers realiza campanha impecável, faz 40 a 0 e é campeão gaúcho pela 6ª vez - soldiers

No jogo final, mais uma vitória incontestável dos soldados santa-marienses e a festa pelo quarto título consecutivo no Rio Grande do Sul

É o quarto campeonato consecutivo (e o sexto, no total) do Santa Maria Soldiers. Desta vez, o adversário na final, realizada no campo da PUC, em Porto Alegre, foi o Venancio Aires Bulldogs. Que não teve chance alguma diante dos soldados da boca do monte, que aplicaram um impiedoso 40 a 0.

Aliás, dois detalhes.

Um, neste ano não deu nem para o começo. Foram cinco vitórias irretocáveis ao longo da competição. Antes da finalíssima, os santa-marienses já haviam derrotado a Armada Lions, de Porto Alegre (35 a 0), os Bento Gonçalves Snakes (74 a 0), o Erechim Coroados (65 a 0), de novo o Armada, na semifinal (48 a 8), e, por fim, os Bulldogs.

O segundo: escolha o esporte e o time. E ninguém, em Santa Maria, foi mais campeão e representativo da cidade nos últimos cinco ou seis anos que o Soldiers. Trata-se, disparado, da maior expressão esportiva da cidade por esses tempos. E ponto.

Ah, sobre a final de sábado, na capital, confira a crônica da partida, feita por Henrique Riffel, do site futebolamericanobrasil.com. A foto é de reprodução da Fanpage do Soldiers, no Facebook. Acompanhe:

A dupla Rodrigues-Becker lidera o Santa Maria Soldiers na conquista do Gaúcho Bowl XI

Na tarde deste sábado (1), o Santa Maria Soldiers garantiu o seu sexto título do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano – o quarto consecutivo – ao vencer o Venâncio Aires Bulldogs pelo placar shutout de 40 a 0, no Gaúcho Bowl XI. O evento foi realizado no relvado do Parque Esportivo da Pucrs, em Porto Alegre.

No arranque do duelo, os Soldiers visitaram a redzone dos Bulldogs. Em uma quarta descida para o gol, a defesa de Venâncio Aires forçou o turnover on downs quando o programa de Santa Maria alcançou a linha de 5yd do campo de ataque.

Por outro lado, o quarterback dos Dawgs #22 Cristian Siebeneichler sofreu com a defesa adversária e não conseguiu produzir em campo. Os Soldiers aproveitaram o momento para entrar em field goal range. A equipe de Santa Maria teve a oportunidade de abrir o marcador com um complicado arremate de 45yd com o placekiker #8 Fabrício Santana. Porém, a jogada não obteve êxito.

Durante o segundo quarto, os soldados inauguraram o placar. O signal caller #15 Douglas Rodrigues encontrou o flanker #84 Luis Becker em um passe de 4yd na flat route, em quarta descida para 1yd e touchdown. Santana conferiu o PAT.

Mais tarde, Santa Maria voltou a ameaçar o gol de Venâncio Aires. Santana novamente perdeu um field goal, desta vez, em um chute de 30yd.

Mesmo com o desperdício do chute, os Soldiers voltaram a endzone adversária. O tailback congolês #27 Glodie Biteke venceu dois tackles em dive para percorrer 1yd e anotar o touchdown. Santana mandou a bola entre os postes.

Antes do término do primeiro tempo a dupla Rodrigues-Becker tratou de colocar três posses de bola de diferença no marcador. O quarterback lançou o receiver em corner route de 8yd com o cronômetro zerado. Santana acertou o segundo extra point. 0-20.

Na etapa complementar, os Soldiers aproveitaram um descuido na marcação com um read pass option de Rodrigues para o slot receiver #14 Nathan Dias, em quick slant de 2yd. Santana conferiu o terceiro extra point.

Na sequência, Rodrigues distribuiu uma big play para o wideout #3 Adner Sanchez em fly route para touchdown. O receiver ainda executou dois jukes em direção as hashmarks para se livrar da marcação antes de ultrapassar a goal line. Santa mais uma vez acertou o PAT.

Com mais 12 minutos a serem jogados, o sacramento do triunfo veio em nova big play, desta vez, com o hat-trick de Rodrigues-Becker em 32yd para touchdown. O flanker abriu a separação em uma stop ‘n go route para vencer o corner e levar a bola até a endzone. Santa chutou para fora o último extra point. Final 0-40.”

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



1 comentário

  1. O Brando

    Vou montar um time para bater este daí, o nome já está até escolhido, vai ser o Cadena’s Catfish Heads, composto só de jornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *