MEMÓRIA. Fundadora da Facem, que deu origem à Universidade Franciscana, morre no Rio de Janeiro

MEMÓRIA. Fundadora da Facem, que deu origem à Universidade Franciscana, morre no Rio de Janeiro

MEMÓRIA. Fundadora da Facem, que deu origem à Universidade Franciscana, morre no Rio de Janeiro - ufn

Década de 1950: Irmã Rosa Clarízia (ao centro, com trajes peculiares na época) compartilhando conhecimentos com as alunas da Faculdade de Enfermagem Nª Sª Medianeira. Com formação nos EUA, sua experiência foi essencial no processo de criação da instituição

Da Assessoria de Comunicação da Universidade Franciscana, com foto de Arquivo (*)

A Fundadora da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora Medianeira – Facem, irmã Vicentina Rosa Clarízia faleceu na noite desta quarta-feira, dia 26 de junho de 2019, no Rio de Janeiro – RJ, aos 97 anos.
Ela foi a criadora da Escola Superior de Enfermagem Nossa Senhora Medianeira, Facem, a entrar em atividade no interior do Rio Grande do Sul, fundada em 16 de maio de 1955, que, junto com a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Imaculada Conceição – FIC, deu origem à Universidade Franciscana – UFN.

A passagem da irmã Rosa Clarízia por Santa Maria durou três anos, de 1955 a 1958. Com graduação em Enfermagem e especialização na Universidade Paul, em Chicago, Estados Unidos, a religiosa havia acumulado grande experiência na área da saúde. No mesmo ano em que chegou na cidade, fundou e assumiu a direção da Facem.

À época, Santa Maria carecia de profissionais de enfermagem com qualificação superior, então o serviço era exercido por auxiliares de enfermagem e religiosas. A ideia de criar uma escola para formar o enfermeiro de alto padrão surgiu com a madre Antonina Werlang, que era ministra provincial na Congregação das Irmãs Franciscanas, responsáveis pela administração interna do Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo.

Como a entidade não dispunha de religiosas habilitadas para assumir a direção e o ensino da Enfermagem, conforme exigências legais, buscou uma parceria com a Congregação Filhas de Caridade de São Vicente de Paula, da qual irmã Rosa fazia parte desde jovem.

No ano de 2017, os agora egressos do curso de Jornalismo da Universidade Franciscana, Gabriel Haesbaert e Gilvan Ribeiro, juntamente da Irmã Liliane Pereira, viajaram até o Rio de Janeiro e produziram um belo histórico de vida da Irmã Rosa Clarízia. Abaixo, confira algumas imagens da visita, junto de depoimentos dados por Irmã Rosa a respeito do seu feito histórico, a Facem.

Na matéria, os jornalistas relataram o carinho que a religiosa tinha pela cidade. Em poucas palavras, na época ela resumiu seu sentimento: “Eu vivi três anos felizes em Santa Maria”…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

(*)Texto produzido por Carolina Teixeira, com apoio de Gabriel Haesbaert e Gilvan Ribeiro, egressos de Jornalismo da UFN



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *