SEGURANÇA. Polícia Civil prende dois suspeitos de homicídio e tentativa e apreende dois adolescentes

SEGURANÇA. Polícia Civil prende dois suspeitos de homicídio e tentativa e apreende dois adolescentes

Com informações (e foto) da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP)

SEGURANÇA. Polícia Civil prende dois suspeitos de homicídio e tentativa e apreende dois adolescentes - presos-pela-polícia

Os dois capturados pela Polícia Civil de Santa Maria: o mais alto foi preso por homicídio e autuado em flagrante. O outro, por tentativa de homicídio

Nesta quarta-feira (12/6), policiais civis da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Santa Maria, com apoio de policiais da Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) e da DP de Restinga Sêca, prenderam dois indivíduos (23 e 29 anos) e apreenderam provisoriamente dois adolescentes (15 e 16 anos).

Um dos adultos (23 anos) e os adolescentes são investigados pela prática de um homicídio, ocorrido no início da noite de 21 de maio, na Vila Lorenzi (mesmo local da prisão e de uma apreensão; o adolescente de 15 anos foi apreendido em Restinga Sêca).

A motivação do crime está relacionada ao tráfico ilícito de drogas. Na ocasião, um homem (20 anos) foi morto com disparos de arma de fogo. Todos negaram envolvimento no homicídio. Com o adulto, foi apreendido um revólver calibre .38 municiado, uma porção de maconha e um colete balístico.

Ele não possuía antecedentes policiais, foi autuado em flagrante delito por tráfico ilícito de drogas e posse ilegal de arma de fogo e encaminhado à Penitenciária Estadual de Santa Maria.  Os adolescentes foram recolhidos ao CASE (Centro de Atendimento Socioeducativo) de Santa Maria.

Outro homem (29 anos) foi preso preventivamente por tentativa de homicídio, crime praticado no início da manhã de 21 de maio, no bairro Camobi (mesmo local da prisão). A vítima é um homem de 28 anos, que foi atingido por um disparo de arma de fogo quando saía de casa para ir ao encontro do investigado, o qual chamou a vítima pelo nome e, logo após, efetuou disparos de arma de fogo. O crime teria sido motivado por uma desavença por motivo fútil.

O preso, que negou ser o autor da tentativa de homicídio, foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Santa Maria.

OBSERVAÇÃO DO EDITOR: as identidades dos presos e das vítimas não foram divulgadas pela DPHPP.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *