ELEIÇÕES 2020. PSB tem maratona de reuniões com outras siglas. Agremiação descarta apenas PT e o PSL

ELEIÇÕES 2020. PSB tem maratona de reuniões com outras siglas. Agremiação descarta apenas PT e o PSL

ELEIÇÕES 2020. PSB tem maratona de reuniões com outras siglas. Agremiação descarta apenas PT e o PSL - maiquel-psb

Kleber Colvero e Celso Carvalho realizarão uma série de reuniões já nesta semana a fim de avaliar alianças para o pleito de 2020

Por MAIQUEL ROSAURO (texto e foto), da Equipe do Site

O Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) do PSB/SM terá uma semana cheia. Embora especulado no Frentão Trabalhista liderado pelo PDT, a sigla reitera que, por enquanto, não fechou com nenhum outro partido e quer conversar com todos.

“Queremos construir um projeto que atenda as necessidades de Santa Maria. A ideia é, no final do ano, já ter uma definição”, argumenta o integrante do GTE, Celso Carvalho.

Um dos principais trunfos do PSB é ter em seu quadro o ex-candidato a prefeito, Fabiano Pereira, atual presidente municipal da sigla e cujo papel no pleito de 2020 ainda não está definido. Em 2016, Fabiano ficou na terceira colocação, com 20.290 votos.

O GTE, que também é formado por Evanir Parcianelo e Kleber Colvero, tem duas reuniões importantes já nesta segunda-feira (1º): com o presidente do PP/SM, Mauro Bakof, e com ex-candidato a prefeito e atual secretário estadual adjunto de Esportes e Lazer, Jader Maretoli (PRB).

Na terça (2), os socialistas se reúnem com o vereador Marion Mortari (PSD). Na quarta (3), o encontro será com o PTB. Ainda esta semana, devem ocorrer reuniões com o PCdoB e com o Podemos.

Embora esteja aberto para conversar com todas as siglas, o partido só não deve fechar com duas legendas: PT e PSL, considerados “extremistas” pelos socialistas. O GTE também não deverá entrar em contato com o PSDB, mas aceitaria conversar caso o governo Pozzobom desse o primeiro passo.

“Fazemos uma política transparente, olho no olho”, afirma Carvalho.

Exportação de candidatos

Nos últimos meses, o PSB vem sendo desidratado por outras siglas. Foi assim, por exemplo, com os ex-candidatos ao Parlamento James Pizarro e Solon Mello Salles, que partiram, respectivamente, para o PDT e PP. Outro que está de saída é o ex-candidato a vereador Alberto Figueiredo.

“Somos um partido formador de lideranças. Outras siglas vêm buscar em nossos quadros seus candidatos. Mas estamos trabalhando quietinhos para montar uma forte nominata ao Legislativo”, assegura Celso Carvalho.

Hoje, o PSB tem apenas Leopoldo Ochulaki – Alemão do Gás (PSB) como vereador.



1 comentário

  1. O Brando

    PSL óbvio. PT está num abraço de afogado com o Molusco.
    Fabiano deveria concorrer ao Casarão, leva no mínimo mais um com ele.

    https://diariodorio.com/lindbergh-farias-pode-ser-candidato-a-vereador-no-rio-de-janeiro/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *