MEMÓRIA. Livro ‘O cadete e o capitão’ conta história de Bolsonaro no Exército. Lançamento será em agosto

MEMÓRIA. Livro ‘O cadete e o capitão’ conta história de Bolsonaro no Exército. Lançamento será em agosto

MEMÓRIA. Livro ‘O cadete e o capitão’ conta história de Bolsonaro no Exército. Lançamento será em agosto - poder360-livro-bolsonaro

O atual Presidente Jair Bolsonaro junto, então, a colegas da brigada paraquedista e a capa do livro a ser lançado agora em agosto

Do portal especializado PODER360, com foto de Arquivo Pessoal e imagem de Reprodução

O jornalista Luiz Maklouf Carvalho lançará em agosto o livro “O Cadete e o Capitão – a vida de Jair Bolsonaro no quartel “. A obra é fruto de uma investigação jornalística sobre a carreira militar do atual presidente e sua transição para a vida política. Será publicado pela editora Todavia.

O escritor deu atenção especial a 1 episódio dos anos 80 quando Bolsonaro, crítico da política salarial militar, passou 15 dias na cadeia por indisciplina. Ele foi acusado de ter desenhado 1 croquis com 1 plano de explosão da adutora do Guandu, no Rio de Janeiro.

À época, Bolsonaro foi submetido a 1 Conselho de Justificação, que o acusou e considerou “seu comportamento aético e incompatível com o pundonor militar”. Foi condenado no 1º julgamento, mas depois foi inocentado pelo STM (Superior Tribunal Militar).

Maklouf estudou a documentação do processo, que estará toda no livro, e escutou as 5 horas de áudio da sessão secreta que já haviam sido disponibilizadas pelo STM.

O livro contará com entrevistas de pessoas que atuaram no caso. A partir dos indícios reunidas pelo jornalista, tudo aponta que a autoria do croquis era mesmo de Bolsonaro.

Depois da decisão da corte, Bolsonaro deixou a vida militar e tornou-se capitão reformado do Exército. Ele então ingressou na política, tornando-se vereador no Rio em 1988 pelo Partido Democrata Cristão.

Luiz Maklouf Carvalho tem 2 prêmios Jabuti de livro-reportagem – 1 por Mulheres que foram à luta armada e outro por Já vi esse filme: Reportagens e polêmicas sobre Lula e/ou o PT (1984-2005).

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

 



1 comentário

  1. O Brando

    ‘Já vi este filme’ saiu logo depois do Mensalão. Trate de reportagens que incomodaram o PT, mostra que casos de corrupção já existiam tempos atrás.
    Depois do processo carreira militar restou prejudicada. Absolvição no STM, se lembro bem, aconteceu porque a pericia no croqui da explosão foi inconclusiva.
    Causos sobre o B17 não faltam na imprensa.

    https://extra.globo.com/noticias/brasil/bolsonaro-ja-escapou-da-morte-na-decada-de-1980-durante-curso-de-paraquedismo-23049600.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *