Destaque

TRÂNSITO. “Balada Segura” aborda 79 veículos na madrugada e constata álcool em 15% dos motoristas

Por MANUELA VASCONCELLOS (texto) e JOÃO ALVES (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Mais de 70 motoristas foram abordados durante a Operação Balada Segura, que ocorreu na madrugada deste domingo (21), em Santa Maria. Na 16ª edição, 15,02% dos condutores abordados tinham usado algum tipo de bebida alcoólica. A iniciativa tem como objetivo reduzir situações com potencial risco para causar acidentes, preservando, assim, a vida da população.

A fiscalização ocorreu entre a zero hora e as 5h30min deste domingo nas ruas General Neto e Duque de Caxias, no Centro. Ao todo, 26 motoristas foram autuados por algum tipo de infração. Desses, 12 estavam sob influência de álcool, e oito veículos tiveram de ser recolhidos.

A Operação Balada Segura é coordenada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana. Conta com apoio da Guarda Municipal, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal, Batalhão Rodoviário Estadual e Polícia Civil.

Operação Balada Segura

– Veículos abordados: 79
– Total de autuações: 26
– Condutores autuados: 17
– Veículos recolhidos: 8
– Condutores sob influência de álcool: 12

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo