BASTIDORES. Ranolfo vem à cidade, futuro do PTB, descrença dos Progressitas, carta de Riesgo e ainda...

BASTIDORES. Ranolfo vem à cidade, futuro do PTB, descrença dos Progressitas, carta de Riesgo e ainda…

BASTIDORES. Ranolfo vem à cidade, futuro do PTB, descrença dos Progressitas, carta de Riesgo e ainda... - bastidores-ranolfo

Ranolfo Vieira Júnior realizará sua primeira visita oficial ao município em 24 de setembro. Encontros irão além do protocolar, por certo

Por MAIQUEL ROSAURO (com foto de Rodrigo Ziebell/Divulgação/SSP), da Equipe do Site

O vice-governador do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior (PTB), realizará sua primeira visita oficial a Santa Maria em 24 de setembro.  Nesta data, ele participará do Expediente Nobre, da Câmara de Vereadores, promovido por Deili Silva (PTB) em homenagem ao 2º Batalhão de Polícia de Choque.

Na cidade, Ranolfo também participará de uma reunião-almoço com autoridades da segurança, do judiciário, políticas e empresariais de Santa Maria e região. A visita vem sendo articulada pelos gabinetes do vice-governador e da vereadora Deili.

PTB

Os petebistas de Santa Maria pretendem aproveitar a vinda de Vieira para também conversar sobre o futuro da sigla no município. O foco do papo, obviamente, será o pleito de 2020.

Se fosse hoje…

Se a inscrição das chapas majoritárias para o pleito de 2020 tivesse que ocorrer hoje, os petistas ouvidos pelo site não têm dúvida de que o pré-candidato a prefeito Luciano Guerra (PT) teria Deili Silva (PTB) ao seu lado, concorrendo à vice-prefeita.

Ou vai ou racha

O Progressistas é o partido que mais tem movimentado sua militância neste período de pré-campanha. As reuniões da sigla, em diferentes cantos da cidade, costumam reunir dezenas de pessoas, sempre com a apresentação de pré-candidatos à vereança.

Não há dúvida de que a empolgação cresceu, sobretudo, com a expectativa de o vice-prefeito Sergio Cechin (PP) vir a concorrer ao Executivo.

Porém, o bom momento está em xeque. Ao mesmo tempo em que se mobilizam para o pleito, há progressistas descrentes em relação à ausência de uma sinalização de Cechin quanto a concorrer ou não.

Neste vácuo de poder, um grupo do partido articula a pré-candidatura da presidente do Legislativo, Cida Brizola (PP), à Prefeitura.

“(Santa Maria) está largada às traças”

O deputado estadual Giuseppe Riesgo (Novo) divulgou uma carta aos santa-marienses no qual alerta que o Município necessita de renovação no Parlamento e no Executivo. Segundo ele, Santa Maria “está largada às traças”.

“Me dói ver a cidade onde nasci e cresci, onde reside minha família e minha história, sendo condenada ao atraso e estagnação ano após ano. Santa Maria precisa de renovação. Precisa de novos ares, novas ideias, precisa correr atrás do tempo perdido e entrar no caminho do progresso. Precisa atrair investimento, emprego, renda. Precisa encontrar soluções modernas e criativas para seus problemas de infraestrutura, serviços públicos e mobilidade urbana”, publicou Riesgo.

Na mesma carta, ele comenta que o Novo necessita de R$ 60 mil até outubro para cumprir sua meta de doações. O partido não faz uso de dinheiro público, logo necessita do apoio financeiro de seus simpatizantes para sobrevier.

“Estamos correndo contra o tempo. Existe um sério risco de o Partido NOVO não conseguir cumprir essa meta e Santa Maria ficar fora do processo seletivo para candidaturas!”, afirma Riesgo.

Nesta sexta-feira (30), a legenda realizará um jantar de arrecadação em Santa Maria. Para saber mais sobre o evento e ler, na íntegra, a carta de Riesgo, clique AQUI.

Ninguém mais vai embora!

A sessão da Câmara de Vereadores de Santa Maria dessa quinta-feira (29) quase foi finalizada por falta de quórum. A Casa conta com 21 parlamentares, porém ao longo da tarde a quantidade de edis foi minguando, minguando, até que às 18h45min só havia sete em Plenário, garantindo o quórum mínimo para continuidade das discussões.

Eis os hepteto que permaneceu firme até o fim do expediente, que terminou pouco após as 19h30min: Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), presidente em exercício; Celita da Silva (PT), Cezar Gehm (MDB), Daniel Diniz (PT), João Kaus (MDB), Manoel Badke – Maneco (DEM) e Valdir Oliveira (PT).



1 comentário

  1. O Brando

    Erro de grafia na manchete.
    Brigada foi reestruturada, só percebi outro dia. Os batalhões de operações especiais viraram batalhões de policia de choque e foi criado um BOPE, batalhão de operações policiais especiais.
    Quando Riesgo lança a candidatura para prefeito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *