PartidosPolítica

PARTIDOS. Jovens do MDB festejam ex-governador e lançam Gabriel Souza para presidir Diretório Nacional

No 12º Encontro de Inverno, Juventude do MDB/RS defende retomada das “raízes do partido” e quer Gabriel Souza presidente nacional

Da Assessoria de Imprensa do MDB/RS, com foto de GALILEU OLDENBURG

Na presença de mais de 300 líderes e dirigentes do MDB gaúcho em Gramado neste sábado, 3 de agosto, entre os quais o presidente Alceu Moreira e o ex-governador José Ivo Sartori, a Juventude convocou o Sul do Brasil para liderar um movimento de oxigenação do partido e lançou no seu 12º Encontro de Inverno o nome do deputado Gabriel Souza para presidir o diretório nacional. A convenção que definirá o novo comando da legenda será em setembro.

“Ecoamos do Sul o grito preso em nossas gargantas para defender um bloco de união “, anunciou a Carta de Gramado, editada durante o encontro. O documento – que teve como signatários, além do Rio Grande do Sul, os núcleos de Santa Catarina, Paraná e São Paulo – defende a retomada do MDB às suas raízes, enaltece a trajetória de líderes históricos e lamenta o uso da sigla por agentes envolvidos em corrupção. “Em nome desta esperança que segue viva e pulsante em nossos corações, conclamamos […] um grande movimento de retomada do MDB para devolvê-lo ao povo brasileiro”, sustenta a carta, lida pelo presidente da Juventude gaúcha, vereador Norton Soares.

O deputado Gabriel Souza – que se encontra em missão da Assembleia Legislativa nos Estados Unidos onde participa da National Conference of State Legislatures (NCSL) -, comentou rapidamente o anúncio à equipe de imprensa do Diretório Estadual. “É papel da juventude contestar, sugerir e contribuir com a atuação dos partidos. E no MDB o núcleo sempre assumiu essa tarefa. Além do que a defesa da oxigenação vai ao encontro do sentimento da base em todo o país. Neste momento, mais do que indicar nomes, precisamos marcar posição para ter voz na convenção que ocorrerá em breve”, opinou Gabriel.

Dos 220 delegados à convenção nacional, 75 correspondem ao RS, SC, PR e SP, o que representa 34% do total. O Rio Grande do Sul é o maior colégio eleitoral, com 25 delegados. Juntos, os quatro estados contabilizam 121 votos de um total de 425, visto que alguns delegados têm voto cumulativo.

Deputado estadual em segundo mandato, Gabriel Souza, 35 anos, que foi líder do Governo Sartori, presidiu a Juventude gaúcha e também a nacional, e tem bom trânsito com Brasília. Atualmente integra o Conselho Curador da Fundação Ulysses Guimarães Nacional.

Sartori: “Há saída para o Brasil”

José Ivo Sartori – que teve a sua trajetória registrada na Carta de Gramado pelo legado no Governo do Estado – foi ovacionado por mais de 300 jovens com o grito de guerra: “O Gringo Tá Certo”. Bem-humorado, Sartori custou para acessar o auditório onde ocorria o encontro, visto que a cada passo uma nova “self” era requisitada – e atendida com alegria e satisfação.

Ao tomar a palavra, o auditório silenciou para ouvir suas primeiras palavras. E elas foram de agradecimento a toda sua equipe de governo. “Agradeço a todos aqueles que trabalharam conosco. Foram guerreiros nas atitudes e no comportamento honesto. Tiveram força e aguentaram firme. Dessa forma, fizemos o que precisava ser feito, apesar de uma forte oposição. Mas deixamos um legado para a população gaúcha, e não para pequenos grupos”, frisou Sartori, que também fez um resumo de suas ações no comando do Palácio Piratini…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo