SEGURANÇA. Mais 81 PMs formados na solenidade realizada em Santa Maria, com Eduardo Leite presente

SEGURANÇA. Mais 81 PMs formados na solenidade realizada em Santa Maria, com Eduardo Leite presente

SEGURANÇA. Mais 81 PMs formados na solenidade realizada em Santa Maria, com Eduardo Leite presente - estado-brigadiana

Inspiração da carioca Shirley, oradora da turma e uma das 20 mulheres formadas em SM, foi o avô paterno, antigo policial da Guanabara

Por GUILHERME HAMM (texto) e FELIPE DALLA VALE (foto), da Assessoria de Imprensa do Piratini

O governo do Estado dá sequência à série de formaturas dos novos policiais da Brigada Militar no Rio Grande do Sul. Nesta sexta-feira (2/8), foi a vez de Santa Maria, na região Central do Estado. No Clube Recreativo Dores, 81 soldados foram oficialmente graduados.

Eles fazem parte de um total de 1.965 alunos-soldados que começaram o curso superior de Tecnologia em Aplicação de Polícia Militar em 12 de novembro do ano passado. Foram 1.675 horas-aula no total, englobando conhecimentos específicos da atividade policial militar e disciplinas como direito penal, direito processual penal militar e sociologia da violência.

Paraninfo da turma, o governador Eduardo Leite destacou a importância dos novos integrantes da BM parafraseando o hino nacional: “Eis aqui os filhos que não fogem à luta. Muito obrigado por terem aceitado essa missão”.

O governador destacou ainda que os soldados ajudarão a fazer com que os índices de criminalidade continuem diminuindo no Estado. “No primeiro semestre deste ano, a taxa de homicídios caiu 24% em comparação aos primeiros seis meses do ano passado. Isso significa cerca de 700 vidas poupadas. Ainda precisamos avançar, por isso estamos incorporando quase dois mil policiais à Brigada Militar”, completou o governador.

No ato, os soldados Jean Marcus Kegler e Heron Paulo Gotuzzo, respectivamente primeiro e segundo colocados na turma, prestaram uma homenagem ao governador e ao comandante-geral da Brigada Militar, coronel Mário Ikeda.

Entre as 20 mulheres recém-formadas, destaca-se a trajetória de Shirley Lima de Azevedo, a oradora da turma. Natural do Rio de Janeiro, ela veio ao RS em 2016 para acompanhar o marido, militar que atua na Base Aérea de Santa Maria. Formada em química pelo IFRJ, a carioca revela que sempre sonhou com a carreira policial, inspirada na trajetória do avô paterno, João da Rocha Lopes, antigo membro da polícia da Guanabara, falecido em 2001.

“Ele amava ser policial. Sempre cobrou dos netos muita disciplina e respeito, valores que a Brigada Militar ensina aos seus soldados. Estou entrando para uma instituição honrada, que faz a diferença na vida das pessoas”, orgulha-se.

Com o ingresso de 1.965 novos policiais até 10 de agosto – data das últimas duas formaturas, em Santa Rosa e Santo Ângelo, a meta do governo do Estado é garantir que nenhum município gaúcho tenha menos do que cinco policiais militares.

O foco também são as 18 cidades gaúchas que, de acordo com levantamento do Programa RS Seguro, concentram os maiores índices de criminalidade. Santa Maria está na lista…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *