PolíticaPrefeitura

CIDADE. Em nota no Facebook, Valdeci lamenta as críticas de Pozzobom em templo. E Luci volta a falar

Por MAIQUEL ROSAURO (com imagem de Reprodução), da Equipe do Site

Trecho da nota divulgada por Valdeci sobre declarações de Pozzobom

O feriadão não foi capaz de amenizar o clima proporcionado pelas polêmicas declarações do prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) em um templo religioso. Nesse final de semana, o deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) divulgou sua posição sobre o fato, enquanto que a vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT) voltou a repudiar a fala do tucano em relação à intolerância religiosa.

O clima esquentou na quinta (19), quando este site noticiou as declarações do prefeito durante o evento Escola Profética, na igreja Ministério Engel. Pozzobom fez diversas críticas a Valdeci por ele ter proibido reuniões da igreja no Bombril enquanto era prefeito de Santa Maria e, ainda, levantou a hipótese de que centros de macumba ou de batuque talvez não fossem retirados do local pelo petista (AQUI).

Na sessão plenária de quinta, Luci e os vereadores Valdir Oliveira (PT) e Luciano Guerra (PT) manifestaram-se na tribuna em repúdio às declarações do prefeito (AQUI). Por outro lado, nenhum parlamentar defendeu o tucano publicamente.

No sábado (21), Valdeci manifestou-se pela primeira vez sobre o tema. Em uma publicação no Facebook, ele lamentou o fato de Pozzobom o tratar como um inimigo, mas disse que seguiria respeitando a todos, inclusive os que estão em campos políticos opostos.

“Tenho quase 40 anos de militância na política. E um dos orgulhos que possuo, ao longo dessa trajetória, é o de sempre ter respeitado meus oponentes políticos. Jamais achei que alguém por ser meu adversário em uma campanha eleitoral, por exemplo, deveria tornar-se, de imediato, meu inimigo”, postou o deputado.

Valdeci também comentou um dos pontos mais polêmicos da fala de Pozzobom, que afirmou ter corrido o petista de Santa Maria por apenas 226 votos (em referência ao segundo turno das eleições de 2016).

“Em tempo, também esclareço que sigo morando na Cohab Tancredo Neves, na periferia de Santa Maria, como faço há mais de 30 anos, com a minha família, pois não fui corrido de lá e nem pretendo sair da cidade e do bairro que amo demais”.

Até o início da noite de domingo, a postagem de Valdeci já havia recebido mais de 100 comentários de apoio. Alguns deles até de lideranças políticas não alinhadas ao petismo, como o presidente do PROS/SM, Moacir Alves, o qual afirmou que a trajetória de vida de Valdeci tem o reconhecimento e respeito da população de Santa Maria.

“Não tenho medo de falar a verdade”, diz Luci Duartes

A vice-presidente da Câmara de Vereadores e integrante da base do governo Pozzobom no Legislativo, Luci Duartes, continua indignada com as manifestações do prefeito. Ela reafirmou o seu posicionamento em um comentário deixado na página Batuque do Rio Grande do Sul, no sábado, sobre o caso.

“Usei a tribuna na última quinta-feira para mostrar todo meu repúdio e toda minha indignação com esse senhor. Mas estou na luta sempre. A uma semana atrás, em defesa de nossa religião, fiz uma moção de repúdio à INTOLERÂNCIA RELIGIOSA, entre todas as religiões. E menos de uma semana esse senhor comete esse ato de total desrespeito a nossa religião”, postou Luci.

No domingo (22), a vereadora voltou a se manifestar, desta vez em uma publicação no seu perfil pessoal do Facebook. Ela afirmou que não tem freio na língua e nem medo de falar a verdade. A pedetista recebeu o apoio da presidente de Legislativo, Cida Brizola (PP), que fez um comentário em defesa do posicionamento de Luci ao demostrar sua discordância.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo