CIDADE. Saldo da chuva de 136 mm: ruas alagadas, danos em escolas e no trânsito, 15 famílias atingidas...

CIDADE. Saldo da chuva de 136 mm: ruas alagadas, danos em escolas e no trânsito, 15 famílias atingidas…

CIDADE. Saldo da chuva de 136 mm: ruas alagadas, danos em escolas e no trânsito, 15 famílias atingidas... - prefeitura-chuva

Equipes da Prefeitura socorreram famílias atingidas por alagamentos, desobstruíram bueiros e amenizaram problemas no trânsito

Por JOÃO PEDRO LAMAS (texto) e JOÃO VILNEI (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Equipes da Defesa Civil, da Secretaria de Mobilidade Urbana e da Guarda Municipal estiveram mobilizadas ao longo desta quarta-feira (16) para atender a diversas ocorrências de problemas causados pela chuva. Ao longo de todo o dia, choveu mais de 136mm. Os bairros onde mais choveu foram: Patronato (136mm), João Goulart (110mm) e Camobi (87mm). Isso fez com que moradores de diferentes bairros da cidade buscassem o apoio Municipal para amenizar os transtornos causados pelos alagamentos.

No Bairro Juscelino Kubitschek, 15 famílias foram atingidas pela cheia de uma sanga, mas nenhuma ficou desalojada. Todas foram socorridas pela Defesa Civil. Ainda, houve casos de alagamento na Rua Luiz Castagna, na região da Estação dos Ventos, no Bairro Presidente João Goulart, na Avenida Hélvio Basso, no Bairro Uglione e na Rua Praia das Areias Brancas, no Bairro Salgado Filho.

Chamou a atenção dos fiscais do Município que o leito do Rio Vacacaí não se encontra acima do nível normal. A Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos sinalizou que diversos bueiros tiveram de ser desobstruídos. Conforme a pasta, não foram poucos os casos em que as obstruções foram causadas por lixo, o que demanda a colaboração da população para que problemas semelhantes não voltem a se repetir, ainda mais quando a previsão do tempo para esta quinta (17) é de mais chuva. Esses pontos seguem sendo monitorados pelos servidores da prefeitura.

O Executivo municipal publicou orientações sobre como agir em caso de desastres naturais. O material pode ser acessado clicando AQUI.

Instituições de ensino atingidas

Três escolas sofreram danos por conta da chuva. A Nossa Senhora da Providência, no Bairro Passo D’Areia, amanheceu alagada, bem como a Escola Vila Vitória, no Bairro Nossa Senhora de Fátima. Já a Escola Montanha Russa, no Bairro Campestre do Menino Deus, foi parcialmente destelhada. Todas receberam apoio da Defesa Civil. A última, por se tratar de uma instituição pública, vai ser consertada pela prefeitura e já recebeu seis telhas.

Um muro, na Rua Vale Machado, entre as ruas Serafim Valandro e Duque de Caxias, cedeu e a área foi isolada pela Defesa Civil.

No trânsito

A Secretaria de Mobilidade Urbana, por meio da Coordenadoria Municipal de Trânsito Urbano (CMTU), reitera o pedido de atenção aos motoristas que transitarem pela Avenida Fernando Ferrari, no Bairro Nossa Senhora de Lourdes, pela Rua Tuiuti, entre as ruas Professor Braga e Floriano Peixoto, e entre as ruas do Acampamento e Riachuelo, no Centro, bem como pela Appel, no Bairro Nossa Senhora de Fátima. As estruturas das pistas (asfalto e pedras) cedeu, e carros caíram em buracos. O resgate precisou ser feito por guinchos. A responsabilidade pelo conserto é da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). Na Rua Gomes Carneiro, esquina com a Rua Vinte de Setembro, no Bairro Menino Jesus, o asfalto afundou. Todos os locais foram isolados e sinalizados.

Houve um caso de semáforo danificado durante a manhã desta quarta e o problema já foi resolvido. Ele fica na Avenida Ângelo Bolson, esquina com a Avenida Presidente Vargas.

Na Rua Heitor Campos, no Bairro Nossa Senhora Medianeira, uma árvore caiu sobre a pista de rolamento. Situação semelhante foi registrada na Rua Silva Jardim quase esquina com a Rua Serafim Valandro, no Centro. As árvores foram cortadas e retiradas da pista.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, E VER TAMBÉM OUTRAS FOTOS, CLIQUE AQUI.



1 comentário

  1. Rose

    Imaginem tudo isso acontecer em uma cidade abandonada como a nossa….pior administrador , sem ofender os de formação academica , dos ultimos 50 anos….tenho dito a muito tempo…..como pode ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *