FLASH. Lula está livre, após 580 dias preso em Curitiba

FLASH. Lula está livre, após 580 dias preso em Curitiba

FLASH. Lula está livre, após 580 dias preso em Curitiba - lula

Petista, na companhia de amigos e parceiros politicos, deixou a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, na tarde desta sexta-feira

Da Redação do jornal CORREIO DO POVO, com imagem de Reprodução (TV UOL)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi solto na tarde desta sexta-feira, após ordem juiz federal titular da 12ª Vara de Execuções Penais, Danilo Pereira Júnior. Ele deixou a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, às 17h42min.

Preso desde 7 de abril do ano passado por condenado pelos crimes de de lavagem de dinheiro e corrupção no caso do triplex do Guarujá, o petista teve a liberdade garantida um dia depois do Supremo Tribunal Federal (STF) decidir pelo fim da prisão após julgamento em segunda instância. Sua defesa entrou com o pedido de soltura nesta manhã.

CLIQUE AQUI PARA LER A DECISÃO DO JUIZ QUE LIBERTOU LULA

Desde horas antes da soltura do ex-presidente, milhares de apoiadores de Lula, assim como lideranças do PT, já se aglomeravam em frente à sede da PF de Curitiba. No portão, diversos familiares o aguardavam. Ainda nesta sexta, ele irá para São Paulo, onde reside. Minutos depois, dirigiu-se ao um palco e as pessoas a sua frente cantaram o hino nacional.

Confira video da TV do Portal Universo Online

 

Defesa voltará a pedir nulidade do processo

O advogado Cristiano Zanin a defesa informou que também vai reiteirar o pedido para que o Supremo julgue os habeas corpus que pedem a nulidade de todo o processo do caso do triplex do Guarujá e a suspeição do ex-juiz Sergio Moro, que o condenou e hoje é ministro da Justiça.

Em julho de 2017, Moro condenou o ex-presidente a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro relacionado ao processo do triplex do Guarujá. No ano passado, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região analisou a apelação da defesa e aumentou a pena inicial para 12 anos e um mês de prisão, com início fechado. Também em 2018, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, após mais de 11 horas de sessão, por 6 a 5 negar Habeas Corpus, que se entregou em 7 de abril.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



1 comentário

  1. O Brando

    Aparentemente o mundo não acabou. Quem acha que a libertação de uma pessoa de 74 anos é o maior problema do pais engana-se redondamente. Alás, a ‘noiva’ está faceira. Alás, quando ele visita a UFSM de novo?
    Eduardo Azeredo também foi solto. Em algum lugar do pais Aécio Neves ri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *