LÁ DO FUNDO. Coleta de lixo, coincidências em dois quartetos, Coordenadoria do MDB, SMVC e Prefeitura

LÁ DO FUNDO. Coleta de lixo, coincidências em dois quartetos, Coordenadoria do MDB, SMVC e Prefeitura

Por CLAUDEMIR PEREIRA (com imagem de Divulgação), Editor do Site

– Nesta segunda-feira, a Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, por sugestão de Valdeci Oliveira, faz audiência pública em Santa Maria. O tema: coleta seletiva de lixo (AQUI).

– Aparentemente, não há relação de causa e efeito, mas o fato é que o escriba apurou que este assunto terá algum tipo de decisão, por parte da Prefeitura.

– Mais que isso: a imprensa será convocada para as 8 e meia da manhã da próxima sexta-feira, dia 8, no Centro Administrativo Municipal. O assunto? Coleta Seletiva de Resíduos.

– Na comparação com os dois mandatos de Cezar Schirmer, ninguém duvida: o clima é de lua-de-mel entre os organizadores do Santa Maria Vídeo e Cinema e o governo de Jorge Pozzobom.

– O entendimento colhido por este escriba junto a fontes da organização do SMVC dão conta de que o atual governo tem a exata compreensão do que significa o festival para Santa Maria e sua cultura.

– O Coordenador Regional do MDB, em comentário feito no Facebook, deixou bastante clara sua brabeza em relação ao autor dessas nem tão bem traçadas linhas.

LÁ DO FUNDO. Coleta de lixo, coincidências em dois quartetos, Coordenadoria do MDB, SMVC e Prefeitura - lá-do-fundo-acosta– Marcelo Acosta (foto ao lado) tem razão. Pelo menos numa coisa: na informação.Aqui se escreveu, semana passada, que “houve controvérsias e até troca de acusações, há dois anos”, na eleição para o cargo.

– O escriba errou: os fatos aconteceram, meeeesmo, mas foi há quatro anos. Dois anos depois, tudo “magiclic” (para usar um termo de beeem antanho). Serenidade e alegria total nos emedebistas.

– O que não impediu, de todo modo, que Acosta, para evitar controvérsia, publicou o edital e o enviou às seções municipais do MDB da região, com bastante antecedência.

– De resto, o militante emedebista não contestou outra informação: Anderson de Lima Pulhese, de Dilermando de Aguiar, será o coordenador eleito no próximo dia 9, no encontro regional de Itaara.

LÁ DO FUNDO. Coleta de lixo, coincidências em dois quartetos, Coordenadoria do MDB, SMVC e Prefeitura - lá-do-fundo-quarteto

Nessa articulação, noticiada no site, PC do B e PSB discutem com Cidadania e PV. Noutra, os parceiros potenciais são PDT e PTB

– Que se diga, partidos médios e pequenos correm em busca de alternativa para a disputa à Prefeitura, mas de olho no pleito proporcional – no qual cada um deles terá que correr solito.

– O site, via repórter Maiquel Rosauro, já identificou pelo menos dois quartetos que são objeto de conversas entre as siglas.

– O mais recente, que chegou até a projetar uma dobradinha Fabiano Pereira/Evandro de Barros Behr, inclui PSB, PC do B, Cidadania e PV.

– Antes, também já se viu (e, até onde sse sabe, ainda há reuniões) articulações tendo em vista um acordo entre PDT, PSB, PTB e PC do B. Aqui, a liderança seria do pedetista Marcelo Bisogno.

– Apenas para exercitar o bestunto, sem nenhuma outra conotação (inclusive porque é muito cedo pra isso), dá pra notar que duas siglas são recorrentes nesses papos todos: PSB e PC do B.

– O que isso significa? Pode ser muito. Ou nada. Exceto que tanto um quanto outro buscam um jeito de se viabilizar, especialmente, na disputa para a Câmara de Vereadores.

– No caso do PSB, para manter uma cadeira – e há indícios de que Leopoldo Ochulaki, o Alemão do Gás, não estaria disposto a concorrer outra vez.

– Entre os comunistas do B, também há a aposta de que a sigla, depois de muito tempo, teria chance real de voltar ao parlamento, através de Werner Rempel.

– O problema, para ambos, é que se não tiveram (como, ao que tudo indica, não terão) a cabeça da chapa majoritária, precisarão de uma supernominata ao Legislativo, para alcançar o quociente eleitoral.



1 comentário

  1. O Brando

    SMVC tem importância para uma tribo. Pequena, mas barulhenta por conta do corporativismo da patota de comunicação social da aldeia. Também não vai virar o Oscar daqui 50 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *