CORONAVÍRUS. Prefeitura discute ações contra a pandemia, com representantes de turismo e indústria

CORONAVÍRUS. Prefeitura discute ações contra a pandemia, com representantes de turismo e indústria

CORONAVÍRUS. Prefeitura discute ações contra a pandemia, com representantes de turismo e indústria - prefeitura-reuniões-com-entidades

Foram duas reuniões na manhã passada, com representantes dos industriais, e com o setor turismo (foto), especialmente restaurantes

Por MAURÍCIO ARAUJO (texto) e ARIÉLI ZIEGLER (foto), da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

Nas últimas semanas, o Governo Municipal tem trabalhado em medidas de segurança e prevenção à Covid-19. Para dar prosseguimento às novas ações e ajustar, avaliar e reforçar as medidas, a Prefeitura de Santa Maria realizou, na manhã desta segunda-feira (6), no Gabinete de Governança, duas reuniões com diferentes setores econômicos do Município. A partir do diálogo e do entendimento de que as intervenções são necessárias para a proteção da saúde da população, o Poder Executivo tratou sobre os ajustes de medidas com representantes das indústrias, bem como de novos protocolos para a retomada gradual, quando possível, do setor de restaurantes.

“Assim como todos os gestores, estamos preocupados com a retomada do Desenvolvimento Econômico. Peço que confiem em nós, pois estamos tomando medidas duras, mas, necessárias agora. Porém, vamos levar em consideração, com responsabilidade, todos os posicionamentos, sugestões, críticas e propostas”, destacou o prefeito Jorge Pozzobom.

“Agora é a hora de buscar soluções setoriais, conselhos e opiniões de cada atividade, para, juntos, público e privado, voltarmos a crescer”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, Ewerton Falk

Nas duas reuniões, também estiveram presentes o secretário chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez, e a secretária de Educação, Lúcia Madruga. Todos integram o Comitê de Acompanhamento Covid-19.

SETOR INDUSTRIAL

Entendendo que as medidas praticadas pela Prefeitura são necessárias e que todas as ações buscam o bem comum dos cidadãos, representantes de associações ligadas ao setor das indústrias do Município participaram da primeira reunião desta segunda-feira.

“Entendo que o que está sendo feito agora é pelo bem da população. Então, é preciso reconhecer que as medidas estão tendo efeitos positivos. Trabalhamos com ações internas bastante rígidas, com procedimentos que devem ser seguidos pelas indústrias (clique aqui)”, salientou o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Santa Maria, Julio Kirchoff.

De acordo com a Prefeitura, esse mesmo documento, já encaminhado às indústrias, servirá de base, inclusive, para as ações de fiscalizações. Ainda, o Executivo reforçou a necessidade de aplicação das medidas de higiene conforme o decreto estadual 55.154.

Também pode constar o reforço da Prefeitura em relação à necessidade de aplicação das medidas de higiene e outras, conforme art. 4 do decreto estadual.

Gabriel Trevisan Neto, da Associação Distrito Vivo, e Tiago Sanchotene, da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria (Adesm), também participaram da reunião, ressaltando que os esforços do Poder Público têm sido importantes para conter a epidemia, bem como o diálogo aberto e permanente com as entidades.

“As indústrias voltaram com bastante cuidado no Parque Industrial. Sabemos das responsabilidades e estamos tomando todos os cuidados necessários”, ressaltou Gabriel.

“Parabéns pelas ações tomadas e por manter o canal aberto entre a Prefeitura e os demais setores do Município”, complementou Sanchotene.

AHTURR

A segunda reunião da Prefeitura de Santa Maria foi com a Associação de Hotéis, Restaurantes, Agências de Viagens e Turismo de Santa Maria (AHTURR). O setor, principalmente os restaurantes, tem sido bastante afetado pelas medidas. Porém, justamente para pensar estratégias de recuperação econômica, a Prefeitura promoveu o encontro.

“Diante da crise, estamos trabalhando com transparência e ações responsáveis, de cuidado prioritário com a saúde da população, mas, também, observando e cuidando do cenário econômico”, ressaltou o secretário chefe da Casa Civil, Guilherme Cortez.

Dessa forma, o Executivo e os representantes da associação entraram em consenso de que é preciso, desde agora, criar novos protocolos para a retomada gradual dos atendimentos nos restaurantes da cidade. Os protocolos começarão a ser projetados nesta semana, para, a partir do dia 13 de abril, gradualmente, elas começarem a ser executadas.

“A indicação de uma data ou de projeções são fundamentais para criar estratégias de reabertura, e essa era uma das nossas preocupações”, destacou o presidente da AHTURR, Emerson Nereu.

“Obrigado pela confiança e por terem ouvido nossas necessidades e angústias. Entrei aqui com uma visão e saio com uma lição”, complementou o empresário Vanderlei Azevedo Júnior.

Também participou da reunião Silvia dos Santos, da executiva da Associação. Na ocasião, a secretária Lúcia Madruga também ressaltou as medidas que atingem as escolas do Município, lembrando que a Prefeitura tem trabalhado seguindo todos as recomendações de técnicos e especialistas.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



1 comentário

  1. O Brando

    Ideológico, pessoal do jurídico acha que vai resolver tudo conversando. Reuniões tosa de porco com ‘lideranças’ que pouca ou nenhuma influencia tem sobre os ‘liderados’. Obvio que reuniões tosa de porco não pagam contas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *