COVID-19. A notícia boa: quase 200 casos adicionais descartados. E a ruim: mais 10 confirmados na cidade

COVID-19. A notícia boa: quase 200 casos adicionais descartados. E a ruim: mais 10 confirmados na cidade

COVID-19. A notícia boa: quase 200 casos adicionais descartados. E a ruim: mais 10 confirmados na cidade - e2aacc7f-comunicadoDivulgado agora há pouco, às 10 e meia da noite, pela Prefeitura, o Boletim Epidemiológico, que ATUALIZA os números da Covid-19 em Santa Maria, mostra (confira na imagem acima) novo avanço numérico ruim da pandemia.

Dos 131 casos confirmados de ONTEM, eles agora chegam a 141. E os suspeitos diminuíram de 1.957 para 1.927. A boa notícia chegou dos casos descartados. Estes se elevaram de 294 para 470, quase 200 a mais.

Lamentavelmente, os dados de hospitalizados não são confiáveis. Afinal, sua última atualização é do dia 15, há uma semana. Então, segundo o Boletim, eram 26: 10 no Hospital de Caridade, sete no Hospital Universítário, seis na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e três no Hospital Regional.

NO ESTADO

Conforme informações PUBLICADAS pelo site do Correio do Povo, “a Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou, nesta quinta-feira, o balanço dos últimos óbitos confirmados em decorrência da Covid-19 no Rio Grande do Sul. Conforme o boletim, duas novas mortes foram confirmadas nas últimas 24h nos municípios de Canoas (uma mulher de 64 anos) e Cruz Alta (homem de 61 anos).

Com isso, o número de mortos pelo Covid-19 no Estado chega a 166, conforme os dados da Secretaria.

A SES registrou nesta quinta 549 novos casos. O número estimado de pacientes curados no Estado é de 3.907 (71,4% dos casos), informou o boletim.”

NO BRASIL

Também de acordo com o Correio do Povo, “em novo RECORDE, o Brasil atingiu a marca de mais de 310 mil casos confirmados de coronavírus, sendo mais de 100 mil novas infecções em apenas uma semana. Foram 18.508 novos casos nas últimas 24 horas, elevando o total para 310.087. Entre ontem e hoje, o Ministério da Saúde contabilizou 1.188 novas mortes decorrentes da doença, o que elevou o total de óbitos para 20.047 segundo dados divulgados nesta quinta-feira.

Nas duas últimas semanas, em números absolutos, o Brasil saltou da sétima para a terceira posição entre as nações com mais casos de covid-19. Com isso, se mantém como um dos países em situação mais crítica do mundo em número de infecções, atrás de Rússia, que contabiliza 317 mil casos, e Estados Unidos, com mais de 1,5 milhão.”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *