EDUCAÇÃO. Entre as 69 universidades federais, oito adotaram aulas remotas na pandemia. Uma é a UFSM

EDUCAÇÃO. Entre as 69 universidades federais, oito adotaram aulas remotas na pandemia. Uma é a UFSM

EDUCAÇÃO. Entre as 69 universidades federais, oito adotaram aulas remotas na pandemia. Uma é a UFSM - 434de029-sedufsm-campusPor FRITZ R. NUNES (com informações do Portal MEC e do site da UFSM), da Assessoria da Sedufsm

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) se posiciona, conforme o Portal do Ministério da Educação (MEC), entre as oito Instituições Federais que adotaram aulas remotas (Tecnologia de Informação e Comunicação – TIC/Remotas), de um total de 69. Já outras seis instituições estão colocadas pelo MEC como em sistema parcial. Apesar de Santa Maria estar entre as universidades classificadas como em atuação remota na graduação, o sistema adotado aqui, segundo a Reitoria, de forma optativa pelos docentes, o REDE (Regime de Exercícios Domiciliares Especial), não tem uma clareza quanto à adesão de docentes e estudantes.

Nesta terça, 26 de maio, a Pró-Reitoria de Graduação informou que está disponível aos docentes um questionário sobre adoção e uso do REDE. Conforme a divulgação no portal da UFSM, “o questionário busca a realização de um diagnóstico sobre a participação e aproveitamento dos docentes e alunos nas mais de 2 mil disciplinas ofertadas neste semestre. Este diagnóstico auxiliará na organização da retomada das aulas presenciais e na organização de capacitações”, ressalta a nota da Prograd.

Ainda segundo a publicação da Prograd, “o Regime de Exercícios Domiciliares Especial foi adotado com o objetivo de manter a conexão e a comunicação entre docentes e discentes durante a suspensão das atividades presenciais e são orientadas pelas Instruções Normativas 02/2020 e 03/2020 da PROGRAD. Conforme a normativa, haverá um período de recuperação, que poderá ser aberto para revisão de conteúdos e atividades já trabalhadas, de forma a contemplar todos os discentes, independente de sua participação pelo REDE”. O formulário ficará disponível até dia 1º de junho.

Números e dados do MEC

Total de Universidades: 69

Universidades com atividades suspensas: 55

Universidades com TIC/Remotas: 8

Universidades com atividades parciais: 6

Total de discentes nas Universidades: 1.123.691

Discentes com atividades suspensas: 870.390

Instituições com TIC/Remotas

1-UFV- Viçosa

2-UFLA- Lavras

3-UFMA- Maranhão

4-UFC- Ceará

5-UFSM- Santa Maria

6-UNIFEI- Itajubá

7-UFMS- Mato Grosso do Sul

8-UFABC- ABC/SP

Com atividades parciais

1-UFFS- Fronteira Sul

2-UFPR- Paraná

3-UFS- Sergipe

4-UFAC- Acre

5-UFT- Tocantins

6-UFSCar- São Carlos-SP.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



3 comentários

  1. O Brando

    Mas o numero já foi diferente.

    https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2020/03/60-universidades-federais-rejeitam-ensino-a-distancia-durante-quarentena.shtml

  2. Mauro Bianco

    Parabéns, UFSM. Obrigado, Burmann. A vida sempre em primeiro lugar. Quem não quiser ou não puder aderir à REDE, basta recuperar as aulas no novo calendário acadêmico, quando entrar em vigor. E mesmo assim, quem não quiser ou não tiver condições psiquiátricas, basta trancar o semestre. E quem AINDA sim não quiser, basta evadir, a vaga entra no cálculo do edital de transferências, para quem quiser estudar na federal. Pra votar em BBB e ver live de Anittas, tinham acesso à tecnologia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *