COVID-19. Metade das regiões do Rio Grande com bandeira vermelha. A outra metade está em laranja

COVID-19. Metade das regiões do Rio Grande com bandeira vermelha. A outra metade está em laranja

COVID-19. Metade das regiões do Rio Grande com bandeira vermelha. A outra metade está em laranja - 3adf07da-correio-do-povo-bandeiras

Recursos aceitos: Cruz Alta, Santo Ângelo, Santa Rosa, Santa Cruz e Erechim seguem com bandeira laranja dentro mapa do Distanciamento

Da Redação do Correio do Povo, com imagem de Reprodução

O governador Eduardo Leite confirmou, nesta segunda-feira, que dez regiões ficarão sob a vigência da bandeira vermelha dentro do mapa final de Distanciamento Controlado contra a Covid-19 no Rio Grande do Sul.

Além de Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, Capão da Canoa, Palmeiras das Missões e Pelotas, que já estavam em bandeira vermelha, passarão a integrar a área de alto risco as regiões de Taquara, Passo Fundo, Caxias do Sul e Cachoeira do Sul.

As regiões de Cruz Alta, Santo Ângelo, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul e Erechim tiveram seus pedidos de reconsiderações acolhidos pelo Gabinete de Crise e seguem com a bandeira laranja. As áreas haviam sido considerados como de bandeira vermelha na última atualização de dados, divulgados na sexta-feira.

Já Santa Maria, Ijuí, Uruguaiana, Bagé e Lajeado permaneceram na bandeira laranja. As medidas entram em vigor a partir desta terça-feira e seguem até o dia 20 de julho.

Novos leitos no Estado

O governador confirmou a incrementação da habilitação de 73 leitos de UTI para pacientes com Covid-19, sendo 75% a mais do que no início da pandemia no Rio Grande do Sul. “São 1.630 leitos, contra 933 que tínhamos em março. Este crescimento contribui para que o índice de lotação de nossas UTIs fique na média de 75%. Caso contrário já teríamos 100% dos leitos ocupados”, disse. Ele também anunciou o recebimento de 103 respiradores – 50 beira-leito e 53 de transporte- do Ministério da Saúde.

Os municípios que receberão os leitos de UTI são: São Jerônimo (10), Santa Cruz do Sul (10), Uruguaiana (8), Vacaria (8), Esteio (6), Carazinho (6), Caxias do Sul (5), Bento Gonçalves (5), Canoas (5), São Leopoldo (5) e Santo Ângelo (5).

PARA LER A ÍNTEGRA,  NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *