DestaqueHistóriaPolíticaSanta Maria

HISTÓRIA. Direita e centro-esquerda defendem hegemonia que não se repete desde os anos 90

PDT e PP são herdeiros do antigo PTB e do PDS, mas nunca elegeram prefeito

Última vez que a centro-esquerda venceu a eleição foi com o MDB de Osvaldo Nascimento, em 15 de novembro de 1976 (foto Reprodução)

Por Maiquel Rosauro

Não é apenas a Prefeitura de Santa Maria que está em jogo para Marcelo Bisogno (PDT) e Sergio Cechin (PP). Se um deles for eleito, irá superar duas marcas históricas. PDT e PP nunca elegeram um prefeito; e o lado que sair vencedor saltará à frente em uma disputa mais antiga que a formação das duas legendas.

Desde que o cargo de intendente municipal se transformou em prefeito, em 1930, Santa Maria já contou com 22 chefes do Executivo, com alguns assumindo o posto mais de uma vez. Oito dos prefeitos eram de direita. Outros oito eram de centro-esquerda.

Ambas as ideologias se revezaram no poder durante 37 anos seguidos, começando pelo antigo PTB de Vidal Castilhos Dânia, em 1951, até o PDS de José Haidar Farret, cujo governo encerrou-se em 1996. Ambas as legendas têm como herdeiros, respectivamente, os atuais PDT e PP.

Embora jamais tenha elegido um prefeito sequer, PDT e PP já chegaram ao sétimo andar do Centro Administrativo por outras vias.

Osvaldo Nascimento da Silva se elegeu pelo MDB (em novembro de 1976) e criou o PDT em Santa Maria. Depois, elegeu-se pelo PDT a deputado federal (em 1982) e muito bem votado. Então, o PDT esteve presente na Prefeitura de 1980 a 1982″, explica a arquivista da Câmara de Vereadores de Santa Maria, Jara Silveira.

Já o PP chegou à Prefeitura com sua antiga nomenclatura, o PPB, quando Farret cumpria seu segundo mandato, entre 1993 e 1996. O PPB foi o herdeiro do PDS, legenda com a qual Farret se elegeu em 1992. Ele ainda se elegeria duas vezes deputado estadual pelo PPB.

Já Osvaldo sucedeu Farret na Prefeitura, em 1997, mas desta vez pelo novo PTB, uma sigla de centro-direita.

“O Osvaldo pegou carona no velho trabalhismo, já tinha sido vereador. Agregou uma veia populista a seu perfil, mas não era de direita. Embora algumas práticas durante o exercício do mandato na Prefeitura, rompeu o compromisso com o sindicalismo que ajudou a levá-lo ao Executivo”, comenta Jara.

Com o apoio da arquivista do Legislativo, o Site montou um painel com o espectro-político das legendas de cada um dos 22 prefeitos de Santa Maria, iniciando em 1930 até os dias atuais. Confira abaixo.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo