DestaquePolítica

BASTIDORES. Blattes e a Gare, Maneco e a UFSM, Lüderitz e Bolsonaro e os casos ativos de Covid-19

Vereador quer discutir com a comunidade uma solução para o prédio da Gare

Ricardo Blattes, o segundo da direita à esquerda, cobrou uma solução para a questão da Gare (Foto Flora Quinhones/Divulgação)

Por Maiquel Rosauro

O vereador Ricardo Blattes (PT) esteve reunido com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ewerton Falk, e com o vice-prefeito Rodrigo Decimo (PSL), na manhã desta quinta-feira (7). O petista cobrou uma solução alternativa para a Gare, uma vez que o procedimento licitatório está judicializado e não há perspectivas de que a liminar seja revertida.

“Santa Maria precisa de uma Secretaria de Desenvolvimento Econômico focada na sua finalidade, não é possível que demandas diversas sejam absolvidas pela pasta. A solução da Gare, tal qual do prédio da Casa de Cultura e da SUCV, são temas que necessitam de amplo debate com a comunidade de Santa Maria. É necessário abrir um debate com a Secretaria de Cultura, com instituições de ensino superior, COMPHIC e Conselho Municipal de Política Cultural para garantir a preservação do patrimônio histórico”, disse Blattes.

Lüderitz

Um dos principais líderes bolsonaristas de Santa Maria, Patric Arend Lüderitz, apagou de seu Facebook a postagem que possuía dados distorcidos de uma pesquisa do Datafolha sobre a aprovação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Na terça-feira (5), o Site havia alertado sobre a falsidade das informações (AQUI).

“Por maldade alguém manipulou números de aprovação do presidente”, explicou Lüderitz.

No lugar da publicação anterior, ele fez uma nova postagem com dados de uma pesquisa do PoderData:

Maneco

A consulta para eleger o novo reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) já está no radar do vereador Manoel Badke – Maneco (DEM). Ele trabalha para lançar um candidato alinhado com a direita.

Maneco não será o candidato, uma vez que o cargo exige doutorado e ele possui mestrado. Mas nada o impede de concorrer como vice-reitor.

A única certeza do democrata é que ele não concorrerá mais ao Legislativo de Santa Maria. O vereador entende que atual Legislatura será a sua última contribuição ao Parlamento. Uma futura candidatura ao Executivo não está descartada.

Boletim Epidemiológico

Uma leitora questionou como são calculados os casos ativos de covid-19 do Boletim Epidemiológico da Prefeitura de Santa Maria. O Site entrou em contato com a Superintendência de Comunicação da Prefeitura para tirar a dúvida.

Conforme o Executivo, o cálculo é feito desta maneira: “Os casos ativos são as pessoas com até 14 dias do início dos sintomas e mais as pessoas internadas (por isso, podem transmitir a covid-19), conforme o Ministério da Saúde”.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Maneco possui mestrado? Não é o que diz o currículo Lattes dele. Segundo o mesmo teria só especialização, tanto que é professor auxiliar.
    Boletim epidemiológico da prefeitura é irrelevante.
    Bolsonarismo é irrelevante.
    Reunião sobre a Gare totalmente irrelevante. Judicializado. Não há perspectiva de dinheiro para fazer algo diferente. Não há projeto, seria do concessionario. Antiga Pretoria e SUCV idem. Ainda tem o elefante branco da Rio Branco, o Centro de Eventos, o anexo do Casarão da Vale Machado e o antigo prédio do Caixera (que é particular mas aparentemente, se depender, vai ficar como está). Falar e fazer reunião qualquer um faz, cidade precisa de atitudes. O que leva a outro assunto, algum mambembe vai falar ‘criticar é fácil’ e a réplica é fácil: principalmente pangaré, vai chegar em último em todo páreo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo