DestaquePolítica

BASTIDORES. Comissão Representativa, Tony, PT, Republicanos, PP, Luci, Bolinha, a renúncia às cotas

Queixas de um edil com a mídia, pedido de bicicletário de outro e bem mais

Quantidade de vereadores presentes na reunião da Comissão Representativa foi além do esperado, nesta terça (Foto Maiquel Rosauro)

Por Maiquel Rosauro

A reunião da Comissão Representativa da Câmara de Vereadores de Santa Maria, realizada na terça-feira (5), surpreendeu pela quantidade de parlamentares presentes. A grande maioria dos 21 edis participou do encontro, mesmo que a presença não fosse obrigatória.

Apenas Anita Costa Beber (PP) não foi vista no Plenário, enquanto o vereador Rudinei Rodrigues – Rudys (MDB) acompanhou parte da reunião nas galerias.

Todos os parlamentares presentes nas bancadas tiveram a oportunidade de utilizar a tribuna por cinco minutos. Em geral, eles agradeceram os votos recebidos e falaram sobre o trabalho que pretendem desempenhar.

Crítica

O vereador Tony Oliveira (PSL) criticou a imprensa pela cobertura da eleição da Mesa Diretora. Não citou nenhum veículo, mas disse que não foi consultado a respeito de algumas informações publicadas. Para resumir o seu posicionamento, recorreu a um velho jargão: “não quero ser oposição nem situação”.

Na eleição da Mesa, Tony votou com a oposição contra o governo, embora seja filiado ao partido do vice-prefeito Rodrigo Decimo (PSL).

Centro

O Republicanos não sabe, até o momento, se será oposição ou se estará base do governo de Jorge Pozzobom (PSDB) no Parlamento. O tema ainda será estudado pelos dois vereadores da bancada: Alexandre Vargas e Getúlio de Vargas. Na eleição da Mesa Diretora, ambos votaram junto com PT, PCdoB, PSDB e DEM.

E o PT, hein?

O Partido dos Trabalhadores entrou nas articulações à eleição da Mesa Diretora buscando o protagonismo e defendendo o debate de uma agenda da cidade… Hoje, a bancada discute se aceita ou não ser coadjuvante do Progressistas na vice-liderança da oposição.

Ainda incrédulos

A eleição de novembro ainda é um assunto recorrente nos corredores do Legislativo. Progressistas ainda se perguntam como Sergio Cechin (PP) perdeu a eleição à Prefeitura.

“O Sergio perdeu para ele mesmo”, filosofou um graúdo.

A voz da experiência

Este repórter perguntou a uma experiente servidora de carreira do Parlamento se ela entraria em férias neste verão. A resposta veio com um grande ensinamento.

“Que férias guri? Quando uma chefia nova assume ninguém tira férias”.

Jeitinho

A vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT) é a única parlamentar reeleita que conseguiu trocar de gabinete, passando de um espaço menor para outro bem mais amplo. Mas como ela conseguiu se o sorteio das salas ocorreu apenas entre os novos parlamentares?

Simples, em dezembro a pedetista acertou a troca de gabinete com a então vereadora Marta Zanella (MDB). Enquanto essa gurizada nova está chegando, a Tia da Moto já está voltando…

Gestão

No final de sua gestão na presidência da Casa, o vereador Adelar Vargas – Bolinha (MDB) apresentou um relatório de 12 páginas com as principais ações realizadas ao longo de 2020. Confira o material (AQUI).

Cotas I

O vereador Tony Oliveira (PSL) é mais um que anunciou, nas redes sociais, que renunciará as cotas para atividade parlamentar. Confira:

Cotas II

O mesmo caminho seguiu Tubias Calil (MDB), que informou também ter declinado de indicar cargos na Mesa Diretora.

Cotas III

Givago Ribeiro (PSDB) anunciou que também não utilizará cotas. Ela ainda pediu para o presidente da Casa, João Ricardo Vargas (PP), criar um bicicletário no Parlamento.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo