Destaque

COVID-19. Prefeitura entrega mais de 2,1 mil doses de vacina para 15 instituições de saúde e de idosos

Logística terá continuidade nesta quinta-feira (21), abrangendo indígenas

“Ainda temos um longo caminho para percorrer, mas a entrega das primeiras doses da vacina simboliza o primeiro passo”, afirma Rodrigo Decimo. Foto Ariéli Ziegler / Prefeitura

Por Manuela Vasconcellos / Prefeitura de Santa Maria

Um dia após a Prefeitura de Santa Maria iniciar a campanha de vacinação contra o coronavírus, em ato simbólico que imunizou 21 trabalhadores do Centro de Referência Municipal da Covid-19, foi colocada em prática toda a logística de distribuição da Coronavac. Nesta quarta-feira (20), das 4,2 mil doses recebidas, mais da metade já foi entregue, distribuída para 15 instituições de saúde e de idosos. O prefeito em exercício, Rodrigo Decimo, e o secretário de Saúde, Guilherme Ribas, acompanharam as entregas. Para agilizar a ação, a equipe do Setor de Imunizações da Vigilância em Saúde contou com escolta da Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana (CTMU) e da Guarda Municipal.

“Ainda temos um longo caminho para percorrer, mas a entrega das primeiras doses da vacina simboliza o primeiro passo, que nos dá esperança e expectativa de que iremos evoluir de forma positiva nos próximos meses”, projeta Decimo.

Para esta quinta-feira (21), a previsão é que as doses cheguem em outros locais, além de abranger os indígenas, que serão vacinados por meio da Unidade Móvel de Saúde. O superintendente da Vigilância em Saúde, Alexandre Streb, que acompanha a logística, planeja que os 4,2 mil imunizantes sejam entregues em totalidade até este sábado (23). Inicialmente, o público a ser vacinado é de profissionais da linha de frente de hospitais, Atenção Básica e rede de urgência e emergência, pessoas acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) e população indígena aldeada.

“Este ato de entrega das vacinas é uma forma de prestigiar todos os trabalhadores da saúde que estão conosco desde o início. Seguiremos unidos com o objetivo de imunizar todos os trabalhadores da saúde e população em geral para minimizar as consequências da pandemia”, reforça o secretário Guilherme Ribas.

Profissionais já imunizados
A unidade de saúde referência em Santa Maria para o primeiro atendimento de casos suspeitos de Covid-19, recebeu, no fim da manhã desta quarta-feira, 222 doses da Coronavac. O prefeito em exercício e o secretário de Saúde entregaram os imunizantes para a diretora da Casa de Saúde, irmã Liliane Alves Pereira, e a vacinação dos profissionais começou no momento seguinte.

“Gratidão a todos os colaboradores da UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) aqui representados por Maria Márcia, Augusto e Eduardo. Independentemente da categoria profissional, vocês representam a totalidade daqueles homens e mulheres que deixam diuturnamente suas casas, filhos e maridos e vêm para a UPA e para o Hospital Casa de Saúde cuidar daqueles que confiam em nossos serviços. A esperança e gratidão são como bálsamos em meio ao deserto”, afirmou a irmã Liliane, em referência à técnica de enfermagem Maria Marcia de Arruda Coimbra, 51 anos, ao médico Augusto Cesar Jennings da Silva Pinheiro, 29 anos, e a Carlos Eduardo Rodrigues de Souza, 28 anos, que trabalha no setor de higienização.

A direção do Hospital Regional também recepcionou os representantes da Prefeitura de Santa Maria. A instituição conta com 30 leitos de UTI Covid destinados à população via Sistema Único de Saúde (SUS). Ao diretor administrativo do Regional, Elvis Prestes, foram entregues 519 doses. A primeira vacinada, em ato simbólico marcado por forte emoção, foi a técnica em enfermagem da UTI Covid Sandra Cirlei dos Santos Dias, 52 anos. Ela e o marido tiveram o diagnóstico positivo para a doença, e ele veio a óbito.

Além do Centro de Referência Municipal da Covid-19, da UPA e do Hospital Regional, os imunizantes contemplaram as seguintes instituições de saúde: Hospital de Caridade, Hospital Geral de Santa Maria, Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), Centro de Atendimentos e Diagnósticos (CAD), Prontos-Atendimentos do Patronato e da Tancredo Neves e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Também, cinco abrigos de idosos já receberam quantitativos.

A segunda dose do imunizante já está garantida e armazenada pelo governo do Estado. Ainda não há previsão de chegada desta segunda dose nem de próximos quantitativos.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo