Destaque

COVID-19. Profissionais da saúde vacinam população indígena aldeada de Santa Maria

No total, 63 indígenas foram vacinados, nesta quinta-feira (21), no município

16 caingangues e 47 guaranis foram imunizados pela Prefeitura de Santa Maria. Foto Prefeitura / Divulgação

Por Manuela Vasconcellos / Prefeitura de Santa Maria

Servidores que atuam no Setor de Imunizações da Vigilância em Saúde do Município deram continuidade ao terceiro dia de destinação das doses contra a Covid-19 para instituições de Santa Maria. Em uma aldeia, a comunidade indígena já foi vacinada. Ao todo, nesta quinta-feira (21), foram entregues 991 doses. Para esta sexta-feira (22), a previsão é que os imunizantes cheguem até outros dois lares de idosos e outras duas instituições de saúde. Com isso, a Prefeitura espera zerar a distribuição das 4,2 mil doses até este sábado (23).

Na tarde desta quinta-feira (21), um dos maiores abrigos de idosos do Rio Grande do Sul recebeu os imunizantes. Ao Lar das Vovozinhas, foram destinadas 139 doses da vacina. O prefeito em exercício, Rodrigo Decimo, o secretário de Saúde, Guilherme Ribas, e o superintendente da Vigilância em Saúde, Alexandre Streb, fizeram a entrega do lote aos profissionais, que teve escolta da Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana (CTMU) e da Guarda Municipal. No momento seguinte, foi dado início à vacinação nas idosas.

“Agradeço por poder participar desses momentos tão importantes. Além da entrega das doses de vacinas, estou tendo a oportunidade de presenciar um trabalho lindo de dedicação e de valorização da vida como no Lar das Vovozinhas”, afirmou o prefeito em exercício, Rodrigo Decimo.

Público-alvo contemplado
Duas aldeias indígenas de Santa Maria já estão com seus habitantes protegidos da Covid-19 nesta primeira fase. A população indígena aldeada faz parte do grupo prioritário. Na manhã desta quinta-feira, servidores da Prefeitura vacinaram 16 caingangues no distrito de Arroio Grande. À tarde, foi a vez da aldeia guarani, dentro da área do Parque Industrial e Tecnológico de Santa Maria (antigo Distrito Industrial), onde houve a vacinação de 47 indígenas.

“Estamos muito felizes com o êxito que estamos tendo nesta logística, que já vinha sendo organizada pelo Grupo Técnico de Vacinação para a Covid-19. Estamos lutando há 10 meses contra esse vírus, e é com muita gratidão que estamos concretizando as entregas das doses para seguir cuidando de toda a população”, reforçou o secretário de Saúde, Guilherme Ribas.

Também nesta quinta-feira, outros dois hospitais – Hospital da Brigada Militar e Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) – e outros 11 lares que abrigam pessoas acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) também já tiveram as doses destinadas.

A remessa da segunda dose do imunizante já está garantida e armazenada pelo governo do Estado. Ainda não há previsão de chegada dessa segunda remessa nem de próximos quantitativos.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo