DestaqueSanta Maria

CIDADE. Para prevenção à Covid, fiscalização da Prefeitura realizou mais de 130 vistorias na semana

Entre pessoas físicas e jurídicas, foram um auto de infração e sete notificações

Para garantir cumprimento dos decretos anticovid, Prefeitura realizou mais de 100 vistorias nesta semana (foto Ariéli Ziegler/Prefeitura)

Por Diniana Rubin / Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Fiscalização Municipal Integrada, está diariamente realizando visitas e atendendo denúncias de aglomerações e irregularidades, informadas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). De 19 a 25 de março, foram realizadas 131 vistorias junto a pessoas físicas e jurídicas com o objetivo de conter o avanço da Covid-19. 

No mesmo período, os servidores emitiram um auto de infração para um comércio em geral, por estar com clientes acima do limite permitido, e outras sete notificações foram por não cumprimento do Decreto Estadual em vigência da bandeira preta, com flexibilizações da bandeira vermelha.

Para orientar e esclarecer dúvidas dos comerciantes sobre as novas regras do Decreto Municipal em vigor, que oficializa a adesão ao sistema de cogestão no Modelo de Distanciamento Controlado do governo do Estado, os servidores das superintendências da Vigilância em Saúde e de Fiscalização, com apoio da Guarda Municipal, visitaram mais de 600 estabelecimentos comerciais, entre essenciais e não essenciais, de segunda-feira (22) até esta sexta-feira (26). 

Para o superintendente da Vigilância em Saúde, Alexandre Streb, o trabalho de orientação foi satisfatório, e a maioria dos estabelecimentos está ciente das novas regras do decreto.

“A flexibilização das medidas não pode ser interpretada como resultado de uma diminuição da gravidade da pandemia na nossa cidade, mas, sim, como uma tentativa de evitar um colapso socioeconômico. Ao contrário do que possa parecer, a lotação de leitos hospitalares e crescentes óbitos continuam, e isso tem determinado a intensificação da fiscalização. Mais do que nunca, a consciência da população acerca desse contexto, é fundamental”, comenta Streb.

Vistorias 

Durante esta sexta-feira (26), a Vigilância em Saúde notificou um comércio de auto peças, no Bairro Lorenzi, por estar com pessoas no interior do estabelecimento sem máscara. Os servidores atenderam a uma denúncia de academia clandestina, improcedente, e fizeram outras 13 vistorias de rotina, sendo em supermercados, lancherias, loja de conveniências e comércios em geral.

Já na noite desta quinta-feira (25), o Ciosp informou à fiscalização sobre quatro denúncias de aglomeração de pessoas nos seguintes locais: em uma distribuidora de bebidas às margens da BR-287, no Bairro Camobi, seis pessoas foram notificadas por consumo de bebida alcoólica em via pública; já em outra distribuidora de bebidas, na Avenida Borges de Medeiros, no Bairro Divina Providência, foram notificadas três pessoas, também por consumo de bebida alcoólica em via pública. As outras duas denúncias não procederam.

Ações da Fiscalização Municipal Integrada

Entre 19 e 25 de março 
• Denúncias recebidas – 102
• Denúncias recebidas de casos de aglomeração – 351
• Vistorias realizadas – 131
• Notificações emitidas – 8

Alvos das vistorias
• Academia – 1
• Atividade esportiva – 1
• Bar – 11
• Barbearia – 1
• Casa noturna – 1
• Comércio em geral – 16
• Comércio informal – 6
• Conveniência – 1
• Distribuidoras de bebidas – 10
• Farmácia – 7
• Lancheria – 6
• Lanches rápidos – 4
• Outros – 47
• Restaurante – 9
• Salão de beleza – 1
• Supermercado – 7
• Templo religioso – 2

Notificações emitidas
• Bar – 1 (descumprimento de decretos)
• Comércio em geral – 1 (estar com clientes acima do permitido)
• Farmácia – 1 (providenciar reparo no exaustor e interromper realização de teste Covid)
• Farmácia – 1 (providenciar placa com número máximo de pessoas dentro do estabelecimento e respeitar o limite de 11 pessoas, incluindo clientes e funcionários)
• Farmácia – 1 (providenciar planilha do controle de temperatura na área inferior da loja)
• Outros – 2 (consumo de bebida em via pública)
• Templo religioso – 1 (por haver mais de 45 pessoas no local)

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo