DestaqueEducação

SAÚDE. Sancionado o projeto de lei que prioriza a vacinação anticovid aos educadores de Santa Maria

Imunização deve ocorrer após a vacinação de profissionais da saúde e idosos

Vereadores Danclar Rossato e Luci Duartes, com prefeito Jorge Pozzobom (C), no momento da sanção da nova lei (Foto Divulgação)

Por Maiquel Rosauro

O prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) sancionou, nesta quinta-feira (1º), o Projeto de Lei 9192/2020, que estabelece a prioridade de vacinação aos educadores de Santa Maria. A proposta é da vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT).

A novíssima Lei Municipal 6531/2021 determina que os professores e funcionários da educação pública municipal, estadual e privada, que encontram-se em contato direto com alunos, tenham prioridade para receber a vacina contra covid-19, sem prejuízo dos demais grupos prioritários.

Segundo Luci, a imunização dos educadores ocorrerá conforme for concluída a vacinação dos profissionais da saúde e dos idosos.

“(A Prefeitura) já tem a logística para essa vacinação”, afirma Luci.

A nova legislação também determina que será facultativo o exercício da atividade presencial dos educadores, no caso de o Município não ter disponibilizado a vacina.

O vereador Danclar Rossato (PSB) também participou do ato de sanção da lei, nesta quinta. O socialista havia protocolado um projeto com o mesmo objetivo da proposta de Luci. Porém, ele retirou a iniciativa para não atrapalhar a tramitação do projeto da pedetista.

“Um presente de Páscoa aos profissionais da educação que merecem nosso carinho, respeito e admiração. A educação segue viva”, postou Danclar nas redes sociais.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Tres coisas. Primeira. Há que se ver se a ordem não mudou devido a nota técnica priorizando forças de segurança. Segundo, em Bage priorizaram os agentes de segurança e o prefeito esta sendo investigado pelo MP. Terceiro, interesse local no assunto e rematada balela, não falta cara de pau nesta gente. Tudo por uma fotinho para conseguir o voto dos ignorantes. São mais de 2 milhões de educadores em todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo