DestaqueRegião

CAÇAPAVA DO SUL. Prefeito Giovani Amestoy pleiteia recursos em Brasília para demandas da saúde

Chefe do Executivo quer novos leitos e receber mais vacinas contra a covid-19

Por William Brasil / Prefeitura de Caçapava do Sul

Prefeito Giovani Amestoy e o deputado federal Paulo Pimenta (à esquerda), em reunião na terça-feira em Brasília (Foto Divulgação)

O prefeito Giovani Amestoy está em Brasília, nesta semana, onde dialoga com diversos agentes, ministros, deputados, senadores e assessores em busca de recursos para Caçapava do Sul. Dentre a principal pauta, está a busca de recursos devido para a saúde, criação de leitos e recebimento de mais vacinas contra covid-19, além de buscar recursos como cestas básicas e projetos de desenvolvimento local para criar mais postos de trabalho, afetados pela pandemia.

Na terça-feira (8), na Câmara de Deputados, Amestoy esteve reunido com os deputados Afonso Motta (PDT); Paulo Pimenta (PT); com os assessores do deputado Pompeo de Mattos (PDT), que cumpre agenda no Rio Grande do Sul; deputado Covatti Filho (PP) e com o ex-deputado estadual Gilmar Sossela (PDT).

Com os deputados, Amestoy solicitou recursos para a Saúde de Caçapava, Assistência Social, Cultura e Turismo, Agropecuária, Indústria e Comércio e Planejamento e Meio Ambiente, áreas mais afetadas durante a Pandemia, além de dialogar sobre projetos futuros para as demais pastas.

Após cumprir agenda na Câmara, o prefeito também se reuniu com o Presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Carlos Lupi, dialogando sobre cenário político atual.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo