CulturaDestaque

CULTURA. Santa Maria habilitada pelo Estado, vai receber recursos para auxílio emergencial no setor

Critérios locais ainda indefinidos pela Prefeitura. Confira exigências estaduais

Por Joyce Noronha (com imagem de Gibran Carrazzoni) – Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura

A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Cultura, recebeu a confirmação de que está habilitada a receber recursos do regime de coinvestimento para a concessão de auxílio emergencial aos profissionais da cultura. A ação é uma união de esforços entre Estado, municípios e empresas parceiras para auxiliar os trabalhadores do setor, que foram fortemente atingidos pela crise econômica causada pela pandemia de coronavírus.

O Edital da Chamada Pública é mais uma ação do governo estadual para socorrer os agentes culturais. A secretária municipal de Cultura, Rose Carneiro, reforça que a pasta trabalha para auxiliar os agentes culturais do Município ainda com mais foco neste momento devido à pandemia. Ela explica que ainda existem etapas a serem concluídas para que Santa Maria possa lançar o edital próprio sobre o Auxílio Emergencial da Cultura.

“A Secretaria de Cultura tem trabalhado com seriedade e foco nas políticas públicas de cultura. Principalmente, no enfrentamento às dificuldades geradas pela pandemia no setor. Isso é demonstrado nos editais e frente a diversos temas e espaços que envolvem os segmentos artísticos e culturais da cidade. O Auxílio Emergencial da Cultura é um importante respiro, e estamos trabalhando com dedicação. Agora, habilitados oficialmente, estamos na etapa de conveniamento, que envolve diálogo junto ao Conselho e organização dos documentos necessários para o Pró-Cultura. Com o convênio celebrado, seguiremos para a etapa de lançamento do edital”, esclarece Rose.

Todo município que participar vai receber até 100% do valor investido. Caso o município possua Conselho de Cultura instituído, terá o aporte de 200%. E, se tiver Conselho, Plano e Fundo de Cultura, que é o caso de Santa Maria, terá 300% do valor investido.

A distribuição do recurso de R$ 800 por trabalhador da cultura de Santa Maria está prevista para o mês de setembro. Poderão receber o valor os profissionais previamente cadastrados e que cumprirem os seguintes critérios do Estado: comprovar atuação na área cultural; residir no município que abrir a chamada; e ter 18 anos ou mais. 

Além disso, cada município poderá definir seus próprios critérios. Santa Maria está em fase de conveniamento e construção do edital local. Em breve, será divulgada a forma de cadastro dos trabalhadores do setor.

Está vedado o auxílio nos seguintes casos: a quem possui vínculo empregatício vigente; a quem é servidor público; e a quem é aposentado ou pensionista.

Os agentes culturais devem cumprir os seguintes critérios do Estado: (*)
– Comprovar atuação na área cultural
– Residir no município que abrir a chamada
– Ter 18 anos ou mais
(*) Os critérios do Município serão divulgados em breve

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo