CulturaDestaque

CULTURA. Paola Matos canta, em ‘live’ nesta sexta, os 32 anos de Seção Sindical dos Docentes da UFSM

Cantora dividirá o palco com Erick Corrêa, em show que começa às 7 da noite

Por Bruna Homrich (com Arte de Bruno Silva) / Da Assessoria de Imprensa da Sedufsm

No último domingo, 7 de novembro, a Sedufsm completou 32 anos. Mesmo que a pandemia ainda não permita confraternizações presenciais, estaremos unidos e unidas pela boa música nesta sexta-feira, 12, a partir das 19h, em uma live comemorativa de aniversário que contará com a presença de Paola Matos e Erick Corrêa.

Com transmissão pela página da Sedufsm no FACEBOOK e pelo canal do sindicato no YOUTUBE, o show terá interpretações de canções famosas da Música Popular Brasileira, a exemplo de Cotidiano, do Chico Buarque; de Reconvexo, do Caetano Veloso; ou “Comportamento geral”, do Gonzaguinha.

Músicas autorais também constam no repertório, como “Offlove”, de Erick, e “A coragem do louco”, de Paola.

Quem é Paola Matos?

Santa-mariense, Paola iniciou sua carreira artística ainda criança, participando e sendo premiada em diversos festivais nativistas. Mais tarde, com seu disco “Brasileirice”, lançado em 2013, foi reconhecida como Cantora Revelação no Prêmio Açorianos de Música de Porto Alegre, em 2014. Deste trabalho, foram produzidos os videoclipes das músicas “Brasileirisse” e “Como Fosse um Passarinho”.

No decorrer do ano de 2016, apresentou-se em locais artísticos relevantes do Rio de Janeiro, como Beco das Garrafas, Triboz, Rio Scenarium, Vinicius Piano Bar, dentre outras.

O segundo álbum da cantora veio em 2018, sendo intitulado “COR” e fruto de uma campanha de financiamento coletivo. A partir desse trabalho, foi gravado o videoclipe da música “Quase”.

Já em 2019, Paola lança seu terceiro álbum, chamado “Marear” e lançado digitalmente em 2019. Ainda naquele ano, ela lançou o videoclipe da música “Donas do nariz”, canção de sua autoria juntamente com Erick Corrêa e Diogo Matos. A produção também teve a colaboração de diversas mulheres e buscava promover uma rede de acolhimento feminino e sororidade.

Atualmente trabalha, junto a Erick, na elaboração de seu quarto álbum, que já leva o nome de “Abrigo”.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo