CulturaDestaque

CULTURA. Prefeitura começa a distribuir as senhas para assistir, presencialmente, a “Tertúlia Nativista”

Evento deste ano será hibrido. São 120 lugares apenas, por noite, no Theatro

Na noite de abertura do evento, na sexta-feira, o show fica a cargo do grupo Pirisca Grecco y La Comparsa Elétrica (foto Divulgação)

Por Joyce Noronha / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

A 28ª Tertúlia Musical Nativista ocorre desta sexta-feira (5) a domingo (7) em modelo híbrido, com presença reduzida de público no Theatro Treze de Maio e com transmissão ao vivo pelas redes sociais da Prefeitura. A distribuição de senhas para assistir da plateia começa nesta quarta-feira (3), na bilheteria do Theatro. Serão distribuídas 120 entradas para cada noite de evento, para garantir as normas de segurança sanitária. 

Há o limite de dois ingressos por pessoa, por noite. Além de pegar senha com antecedência, quem for assistir a Tertúlia presencialmente deverá apresentar o cartão de vacinação na entrada do local e fazer uso obrigatório de máscara de proteção facial, de maneira correta, enquanto estiver no recinto.

“Fica o convite para que as pessoas assistam este grande evento, seja pelas redes sociais, ou da plateia do Theatro. A Tertúlia Musical Nativista é um dos eventos culturais mais importantes do Estado e aos poucos vamos voltando com a presença de público, que sempre dá um gás a mais para quem está no palco, interpretando e defendendo as suas canções”, pontua a secretária de Cultura, Rose Carneiro.

A edição deste ano registrou 295 canções inscritas para concorrerem, 241 na Fase Geral e 54 na Fase Local. Os jurados de triagem selecionaram 12 canções para a Fase Geral, ficando duas na suplência, e 10 canções para a Fase Local, e, da mesma forma, duas ficaram na suplência. Já os shows de convidados deste ano ficam a cargo de Pirisca Grecco y La Comparsa Elétrica, Anelise Severo e Grupo Fio de Bigode.

A Tertúlia Musical Nativista é uma promoção da Prefeitura Municipal de Santa Maria, por meio da Secretaria de Cultura, juntamente com a Associação Tradicionalista Estância do Minuano e o Centro de Pesquisas Folclóricas (CPF) Piá do Sul. O evento é organizado por uma Comissão Executiva, que é responsável pelo planejamento e execução, e cujos integrantes atuam de forma voluntária, sem remuneração.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo