DestaqueSaúde

SAÚDE. “Casa Treze de Maio” possui mais de 1 mil pacientes cadastrados para atendimento HIV/Aids

Vem aí o “Dezembro Vermelho”, de Mobilização pelo Enfrentamento ao vírus

Enfermeira Marcia: “as pessoas têm buscado cada vez mais fazer os testes oferecidos pelo Município” (Foto Alex Caceres/Prefeitura)

Por Rafael Favero / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Serviço de Assistência Especializada (SAE) Casa Treze de Maio, da Prefeitura de Santa Maria, chega em 2021 com 1.061 pacientes cadastrados para atendimentos relacionados ao HIV/Aids. Desses, 956 retiram periodicamente os medicamentos antirretrovirais para tratamento do HIV, sendo 858 considerados indetectáveis, ou seja, que, por conta do tratamento, deixaram de transmitir o vírus. Entre os cadastrados, há ainda 105 que abandonaram o tratamento e vivem com o HIV. A Secretaria Municipal de Saúde também realiza o acompanhamento dos pacientes por meio das unidades de saúde, de forma descentralizada.

“Nós avançamos muito no diagnóstico. As pessoas têm buscado cada vez mais fazer os testes oferecidos pelo Município. Quanto mais rápido ocorrer o diagnóstico, mais rápido deixam de transmitir o vírus e menor é a chance de a infecção evoluir para a Aids, doença que causa imunodeficiência”, explica a responsável pela Política HIV/AIDS, ISTs e Hepatites Virais de Santa Maria, a enfermeira Marcia Gabriela Rodrigues de Lima.  

A Casa Treze de Maio existe desde 2015 em Santa Maria e conta com médicos infectologistas e dermatologistas, enfermeiros, psicólogo, assistente social, farmacêutico, auxiliar de laboratório e recepcionista. O local também atende pessoas com Hepatite B e C e Sífilis. O horário de funcionamento é das das 7h30min às 11h30min e das 13h às 16h30min, de segunda a sexta-feira. Mais informações pelo telefone (55) 3821-1263. 

2021: UM ANO DE DESTAQUE NO COMBATE AO HIV/AIDS 

Para além da estrutura que já oferece a esses pacientes, o Município avançou, neste ano, em outras ações relacionadas ao HIV/Aids. Em setembro, ocorreu o lançamento do Fórum Municipal de Ações em Resposta ao HIV/Aids, composto por profissionais da saúde, representantes da sociedade civil e pacientes. A iniciativa traçou ações de enfrentamento à doença. 

2021 também marca o destaque estadual recebido por Santa Maria por conta das iniciativas desenvolvidas para enfrentamento do HIV na pandemia. O reconhecimento veio durante o Seminário Zero Discriminação e HIV/Aids: vulnerabilidades, cuidado e os serviços na pandemia de Covid-19, organizado pela Coordenação Estadual de Infecções Sexualmente Transmissíveis do Rio Grande do Sul, realizado em junho.

Na ocasião, entre as ações apresentadas pela Prefeitura, estiveram a inauguração da Unidade Dispensadora de Medicamentos (UDM) Municipal junto à Casa Treze de Maio; a disponibilização da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) — método de prevenção — e autoteste de HIV pela Secretaria Municipal de Saúde; a construção de páginas nas redes sociais para difundir conteúdos atuais da temática; o incentivo à Atenção Primária à Saúde para testagem rápida de HIV, sífilis e hepatites. 

Nos últimos meses, o trabalho da política de combate da Política HIV/Aids, ISTs e Hepatites Virais da Prefeitura se ampliou. A Secretaria Municipal de Saúde passou a realizar ações educativas, orientativas e de prevenção em escolas, presídios e agências de profissionais do sexo. 

DEZEMBRO VERMELHO

Para reforçar e ampliar o trabalho já feito, a Prefeitura de Santa Maria ao lado da Câmara de Vereadores e do Fórum Municipal de Ações em Resposta ao HIV, lança o Dezembro Vermelho – Mês de Mobilização pelo Enfrentamento do HIV/Aids. Há uma série de atividades previstas que tem, como objetivo principal, a conscientização sobre a importância da prevenção, do diagnóstico do tratamento e do fim do preconceito com as pessoas que vivem com o HIV. Confira abaixo:

Programação

30 de novembro – Abertura das atividades: fixação de laços simbólicos da luta contra a Aids nos principais monumentos e letreiros da cidade. Os primeiros laços serão colocados nas estátuas do Ícaro, na Avenida João Luiz Pozzobon, do Gaúcho, entre as avenidas Hélvio Basso e Nossa Senhora Medianeira, e a na Locomotiva, na Avenida Presidente Vargas. Na mesma data, a fachada da Câmara de Vereadores será iluminada com a cor vermelha

1º de dezembro – 1ª edição do Saúde na Rua – Das 10h às 15h, na Praça Saldanha Marinho – Apresentações artísticas e Tenda da Saúde com testes rápidos para HIV, Sífilis e Hepatite B e C, oferta de autoteste do HIV, preservativos internos e externos e gel lubrificante e profilaxia pré-exposição de risco à infecção pelo HIV 

11 de dezembro –  Bora Pedalar? – Às 9h30min – Passeio de bicicleta, com saída da Secretaria de Saúde (Avenida Medianeira, 631, Bairro Nossa Senhora Medianeira). Inscrições gratuitas pelo link forms.gle/33iZufpcbeAmaw2M9. Haverá distribuição de brindes, kit prevenção e lunch box (sanduíche, suco e fruta). Os participantes deverão estar vestidos de camiseta vermelha e utilizar capacete. Todos receberão, de brinde, uma garrafa squeeze para hidratação. A Secretaria de Esporte e Lazer apoia a ação

12 de dezembro –  Comemoração dos 30 anos da ocupação do Bairro Nova Santa Marta – A partir das 9h -Moradores do bairro terão acesso, pela Unidade Móvel, a testes rápidos para HIV, Sífilis, Hepatite B e C, oferta de autoteste do HIV, preservativos, gel lubrificante e folders e orientações para prevenção combinada

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo