DestaqueSanta Maria

CIDADE. Começam as obras de regularização do abastecimento de água de 4 mil moradores de SM

Assinada nesta sexta a Ordem de Serviço do programa Água, Vida e Cidadania

Trabalho envolve cinco locais da periferia da cidade e começou pelo Bairro Nova Santa Marta (foto Alex Caceres/Prefeitura)

Por Rafael Favero / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

Santa Maria deu um passo histórico para a promoção da dignidade social de comunidades periféricas. Na tarde desta sexta-feira (3), foi assinada a ordem de serviço das obras do Programa Água, Vida e Cidadania, da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). O investimento da empresa é de cerca de R$ 3 milhões. O trabalho já está em andamento e começou pelo Núcleo Central, no Bairro Nova Santa Marta, e, depois, alcançará as localidades de Monte Betel e Carazinho, também na Região Oeste, o Bairro Cerrito, na Região Leste, e Altos da Lorenzi, na Região Sul. 

As obras irão resultar na regularização do abastecimento de água potável para as residências. O acesso dos moradores, atualmente, ocorre de maneira informal. O investimento da Corsan só foi possível por conta do trabalho de regularização fundiária promovido pela Prefeitura de Santa Maria, já que o Programa Água, Vida e Cidadania é realizado em áreas onde as ocupações estão consolidadas. Ao todo, serão instaladas, aproximadamente, 700 ligações na rede de abastecimento. 

“Agradeço a boa relação que temos com a Corsan, que tem problemas, é claro. Entretanto, o importante é que nós resolvemos esse problema com seriedade e olho no olho. Levar água é cuidar dessas pessoas. É ter carinho e dar melhores condições de elas criarem seus filhos e dos seus familiares”, afirmou o prefeito Jorge Pozzobom na solenidade que precedeu a assinatura, na Rua Povos Romanos. 

A estimativa da Corsan é que em torno de 4 mil moradores de Santa Maria sejam beneficiados. A companhia também realizará um trabalho técnico social com agentes visitando as famílias. Além de não arcar com os custos das ligações na rede, os beneficiados terão isenção no pagamento da tarifa durante três meses e serão cadastrados na tarifa social por dois anos. 

“Estamos diante de um grande programa social da Corsan. Ele só foi possível porque a Prefeitura assumiu a ideia com a Corsan, cumprindo os requisitos legais nessas áreas”, comentou, em pronunciamento, o diretor comercial, de inovação e de relacionamento da Corsan, Jean Bordin

O contrato assinado prevê que as obras sejam concluídas em até 12 meses. O serviço é executado pela empresa terceirizada Wisa Smart Engenharia Disruptiva, Inovação, Gestão de Negócios e Inteligência Ambiental Ltda. 

Além de moradores da região, também estiveram na solenidade de assinatura o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Juliano Soares, o secretário adjunto de Habitação e Regularização Fundiária, Wagner Bitencourt, o presidente do Instituto de Planejamento (Iplan), Daniel Pereyron, o diretor regional da Corsan, José Epstein, a gestora da Corsan em Santa Maria, Andréia Zanini, o responsável pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) em Santa Maria, Luiz Alberto Mendonça, os vereadores Danclar Rossato e Marina Callegaro, o coordenador regional da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Celso Carvalho, entre outras autoridades.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo