DestaqueSanta Maria

NA PRAÇA. Protesto nacional contra o Governo Bolsonaro terá manifestação aqui em Santa Maria

Ato unirá pautas feministas no evento que acontece na tarde deste sábado

Por Bruna Homrich / Da Assessoria de Imprensa da Seção Sindical dos Docentes da UFSM (Sedufsm)

O último mês do ano já inicia registrando mobilizações contra o governo Bolsonaro. A próxima data de luta ocorre neste sábado, 4 de dezembro, e traz uma especificidade se comparada com os últimos atos: desta vez, quem estão à frente da convocação são os movimentos de mulheres.

Há um resgate do que foi o movimento ‘Ele Não’, às vésperas das eleições presidenciais de 2018. Na convocatória, as entidades organizadoras salientam que as políticas antipovo e negacionistas adotadas por Bolsonaro durante a pandemia vêm afetando ainda mais fortemente as mulheres.

Em Santa Maria, a concentração para o ato inicia às 14h30 do sábado, na Praça Saldanha Marinho, com caminhada a partir das 16h30.

“São as mulheres as mais impactadas pela pandemia e pelo negacionismo de Bolsonaro. A fome afetou diretamente as chefes de família, que muitas vezes deixam de comer para dar comida aos filhos e filhas. Perdemos renda e postos de trabalho, aumentou a escalada da violência machista nos espaços domésticos, na vida pública, nas cidades, no campo, nas florestas e nas águas! Temos que dar um basta! Nós somos a maioria da sociedade, que se opõe ao governo genocida de Bolsonaro, e já em 2018 demos o recado do que seria sua gestão quando fomos as milhões às ruas com o #EleNão. É por isso que convocamos a todas para construirmos o dia #4D; Pelo fim da Violência contra as Mulheres, BOLSONARO NUNCA MAIS!”, diz trecho do texto de convocação do ato. 

A Sedufsm, mais uma vez, estará presente na manifestação. Nas palavras da diretora Márcia Morschbacher, é ressaltada a importância de não só as mulheres, mas todos os trabalhadores e trabalhadoras encherem as ruas neste sábado.

“Considero importante a ida às ruas nesse dia 4 de dezembro porque essa é uma iniciativa nacional que representa mais uma ação coletiva de mobilização e de luta pelo fim do governo Bolsonaro. A importância de mais essa iniciativa pode ser considerada a partir da gravíssima situação que o nosso país se encontra, no contexto de crise do capitalismo, que tem colocado nas costas da classe trabalhadora, em particular dos segmentos mais explorados e oprimidos, a conta dessa crise. O Brasil vem sendo o país do desemprego, da fome, do desmonte das universidades públicas, do desmonte dos serviços públicos, do desmonte do sistema de ciência e tecnologia, em que todos os direitos previdenciários e trabalhistas estão sendo jogados na lata do lixo. É fundamental mais essa mobilização”, avalia a dirigente…”

PARA LER A ÍNTEGRA, E ATÉ CONFIRMAR PRESENÇA PELO FACEBOOK, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo