DestaqueEstadoSanta Maria

ASSEMBLEIA. Riesgo não quer ver o seu conterrâneo Valdeci na presidência do Legislativo e votará contra

Deputado listou motivos para não votar no petista – que. ainda assim, vencerá

Por Maiquel Rosauro

“Não faltam motivos para ser contra a candidatura de Valdeci Oliveira, do PT, à Presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul”. É desta forma que o deputado estadual Giuseppe Riesgo (Novo) iniciou postagem em suas redes sociais contra a candidatura do colega santa-mariense à Presidência do Parlamento gaúcho.

Riesgo listou seis motivos para não querer Valdeci como presidente: propôs o aumento da cota parlamentar em 120%, apoiou o Governo do RS no aumento de imposto, atuou contra as reformas estruturantes, é contrário à Revisão do Pacto Federativo, votou contra todas as privatizações e defende a “manutenção de privilégios”.

“Por isso, entendo que não há outro caminho a não ser votar contra à candidatura do deputado Valdeci Oliveira à presidência da Casa”, postou Riesgo.

Todavia, a manifestação do parlamentar de primeiro mandato esbarra em algo que é caro à Assembleia: a tradição. Esta é a quinta legislatura consecutiva em que as maiores bancadas comandam a Casa.

Em 2018, primeiro ano do atual mandato, Novo e PSL tentaram uma manobra para isolar o PT do revezamento na presidência. Contudo, os quatro grandes – PT, MDB, PP e PTB – se movimentaram nos bastidores e deram fim às pretensões. 

A sessão solene de eleição e posse dos membros da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa ocorrerá na próxima segunda-feira (31), às 15h, no Plenário 20 de Setembro. Mesmo sem o voto de Riesgo, apenas uma improvável reviravolta impediria Valdeci de assumir o posto, hoje, ocupado por Gabriel Souza (MDB).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo