DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES 2022. Emedebistas se esforçam atrás do “sim” de Sartori para a candidatura dele ao Senado

Ex-governador é a principal aposta do MDB para compor com Gabriel Souza

Líderes emedebistas se reuniram, na Serra, em almoço com o ex-governador José Ivo Sartori (Foto Joel Vargas/Divulgação)

Reproduzido do Site do Correio do Povo / Texto da colunista Taline Oppitz

É crescente a expectativa de emedebistas sobre a manifestação do ex-governador José Ivo Sartori sobre a possibilidade de concorrer ao Senado na chapa de Gabriel Souza. A resposta é aguardada para a próxima semana. Na última conversa entre Gabriel e Sartori, semana passada, o ex-governador evitou dizer não. Em política, significa que a porta está aberta para o sim. Já a vaga de vice na chapa ficará à espera dos desdobramentos das negociações com o PSDB em nível nacional.

Em tempo: ala do PSDB que defende a pré-candidatura de Eduardo Leite ao Piratini parece não ter avaliado os reflexos da ação. Caso Leite tope, se tornará alvo de artilharia pesada, inclusive de aliados, como o MDB. Desde a campanha e durante todo o tempo em que permaneceu no comando do governo gaúcho, Leite sempre foi categórico ao sustentar que não concorreria à reeleição. 

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo