Artigos

São Sepé e a emergência climática – por João Luiz Vargas

O articulista e a defesa, pelos sepeenses, de um meio ambiente sustentável

Em junho de 2021, São Sepé fez história ao ser a segunda cidade do país a oficialmente reconhecer – através de um decreto – a Emergência Climática Global. A ação, apesar de ser realizada por meio da Administração Pública, contou com grandes parcerias tanto municipais – na pessoa do professor e ambientalista Pedro Renato Silveira; e também dos representantes do Grupo São Sepé Sustentável – quanto estaduais/nacionais, através da 350.org.

A iniciativa se deu para contrapor a instalação de uma mina de carvão no município. No próximo mês, no Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, o feito complete um ano; e uma grande programação apresentará as ações e esforços realizados no município, em busca de um futuro que neutralize as emissões de carbono.

Um dos grandes feitos após a assinatura do decreto, e que mais uma vez levou o nome de São Sepé para o Estado, foi quando a juventude de São Sepé se uniu com a turma do Eco pelo Clima e realizou uma Marcha Global pelo Clima – quando provou que a população do município estava junta na luta maior em proteção do meio ambiente.

Em 2022, a Semana do Meio Ambiente – que será realizada de 1º a 10 de junho – terá como tema “Uma só terra, vida sustentável em harmonia com a natureza”. E, mais uma vez, trará ações e atividades que chamem atenção das pessoas sobre o que está acontecendo no mundo. As mudanças climáticas são nítidas e visíveis a todos que estejam querendo ver.

Tivemos a prova disso nesta semana mesmo, quando a possibilidade de um ciclone extratropical assustou a população do Rio Grande do Sul e causou estragos em grande parte do Estado.

Graças a Deus, ao longo do dia o ciclone foi reclassificado como tempestade subtropical e não passou por São Sepé e nas cidades da região. Mesmo assim, nos faz pensar nas mudanças climáticas.

(*) João Luiz Vargas, prefeito de São Sepé (ex-deputado, ex-presidente da Assembleia Legislativa e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado), escreve no site às sextas-feiras.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo