DestaqueSanta Maria

AGASALHO. Campanha distribui 7,6 mil peças na primeira semana, beneficiando quase 400 pessoas

Três ações realizadas nos últimos dias. Doações seguem nos pontos de coleta

Interessados em receber donativos devem ir ao CDM nas segundas, quartas e sextas, das 8h ao meio-dia (Foto João Alves/Prefeitura)

Por Joyce Noronha / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, concluiu, nesta sexta-feira (3), a primeira semana de distribuição de roupas e cobertores arrecadados na Campanha do Agasalho 2022. Nas três ações desta semana, foram atendidas 391 pessoas e distribuídos cerca de 7,6 mil itens. A equipe da pasta municipal passa nos pontos de coletas para buscar as doações e seguir com a triagem para as ações das próximas semanas.

Durante esta semana, foram três ações de entrega dos donativos a quem precisa. A primeira foi na segunda-feira (30), com 96 pessoas atendidas e cerca de 2,2 mil itens encaminhados a quem precisa. Já na quarta-feira (1º), a Campanha do Agasalho bateu recorde de atendimentos: 166 pessoas, que limparam o estoque de 3 mil peças. Já na manhã desta sexta-feira, ocorreu a terceira ação, que registrou 2,4 mil peças entregues para 129 pessoas.

O direcionamento dos itens a quem precisa ocorre no Pavilhão B do Centro Desportivo Municipal (CDM), nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h ao meio-dia. Os interessados em receber os donativos devem preencher um cadastro e, depois, podem ficar durante 10 minutos no pavilhão, onde estão armazenadas as doações, para escolherem até sete peças de inverno e dois pares de calçado por pessoa. Contam como peça de inverno cobertor, moletom, blusão, calça e outros agasalhos.

Além disso, só é permitida a entrada de uma pessoa por família. A mesma pessoa poderá voltar ao Pavilhão B para buscar mais itens, mas só será liberada a entrada a cada 15 dias.

Apesar do pedido da Prefeitura de que roupas de verão não sejam doadas, a campanha recebeu muitos destes itens. Por se tratarem de artigos em bom estado, o Executivo Municipal faz a distribuição das roupas, mas não colocou limite de repasse por pessoa para estas peças. Contudo, o titular de Desenvolvimento Social, João Chaves, reforça que roupas de verão, roupas íntimas, de festa e sapatos de salto alto não ajudam quem precisa se aquecer no inverno.

Entre os itens arrecadados, os que menos chegam ao Ginásio B são roupas infantis de inverno e cobertores. A solicitação é que sejam doados artigos de inverno, como agasalhos, cobertores e sapatos fechados e em bom estado de conservação. O Executivo Municipal pede também que tudo seja lavado e empacotado em sacos plásticos fechados…”

PARA LER A ÍNTEGRA, E CONFERIR OS PONTOS DE COLETA, CLIQUE AQUI

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo