DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES 2022. Dividido MDB gaúcho decide abrir mão da candidatura própria e apoiará tucano Leite

Com a convenção fracionada quase meio a meio, Gabriel Souza indicado a vice

Deputado estadual Gabriel Souza pregou a unidade do partido. Ele será candidato a vice-governador (Foto Joel Vargas/Divulgação)

Em resultado bastante apertado, o que mostra a clara divisão do partido no Rio Grande do Sul, o MDB aprovou a coligação com PSDB para governo do RS. Em convenção, como noticiou a repórter Flavia Bemfica, no site do Correio do Povo (AQUI), a agremiação decidiu abrir mão da candidatura própria e vai indicar o vice, no caso o deputado Gabriel Souza, na chapa encabeçada pelos tucanos liderados por Eduardo Leite – que também ser reuniram neste domingo, como você lerá em nota a ser publicada logo na sequência.

Para uma versão oficial do evento acontecido no auditório Dante Barone, da Assembleia Legislativa, confira o material disponível na página do MDB gaúcho na internet, com texto da assessorial de imprensa do partido. A seguir:

Convenção Estadual aprova aliança entre MDB e PSDB

A Convenção Estadual do MDB-RS aprovou neste domingo, 31 de julho, por 239 votos favoráveis, o indicativo do diretório nacional de o partido selar aliança com o PSDB para a disputa ao Palácio Piratini nas eleições de 2022. Ainda foram registrados 212 votos pela candidatura própria, 18 nulos e 4 brancos, contabilizando um total 473 votos, o que representa participação de 72% dos convencionais.

A indicação do deputado Gabriel Souza para a candidatura de vice-governador na chapa encabeçada por Eduardo Leite deverá ser formalizada nos próximos dias pela Executiva Estadual. Cabe ao colegiado a prerrogativa de complementar as candidaturas referendadas pela Convenção, bem como ampliar a coligação.

Com auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa lotado por 1,5 mil filiados de mais de 400 municípios gaúchos, ainda antes da proclamação do resultado o deputado Gabriel Souza, pré-candidato do MDB ao Governo do Estado, falou aos correligionários.

Acompanhado da esposa Talise, da filha Dora e dos pais Cleci e Danton, Gabriel defendeu que, mais do que o resultado da convenção, o mais importante é a união do MDB. “Temos que estar juntos e unidos. É a unidade o que mais importa”, afirmou.

Fazendo um retrospectivo de suas andanças pelo o Rio Grande do Sul, com mais de 100 municípios em quatro meses, Gabriel contou um pouco do que foi essa experiência e também falou sobre a responsabilidade do partido com o Estado, “Fazemos política para melhorar a vida das pessoas. E o MDB tem esse compromisso”, garantiu.

Aproveitou para agradecer a cada militante que esteve com ele nessa jornada. “A Convenção Estadual é o espaço mais plural, democrático e oficial. Está na hora de decidirmos, enfrentarmos a realidade e seguirmos em frente”, finalizou.

Perfil Gabriel

Mestre em Direito, pós-graduado em Gestão Pública e médico veterinário, Gabriel Souza, 38 anos, reside em Tramandaí, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Filho mais velho de Cleci e Danton, irmão de CarOlina, é casado com a professora Talise e pai da Dora. Nas eleições de 2018, recebeu 52.953 votos, para o seu segundo mandato na Assembleia gaúcha, sendo o mais votado do Movimento Democrático Brasileiro (MDB). Foi presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul em 2021, com uma gestão baseada na democracia ativa e interativa e na retomada do RS pós-pandemia. Atualmente é o primeiro-secretário da Executiva Nacional do MDB e membro do conselho curador da Fundação Ulysses Guimarães (FUG).

Espaço plural

A Convenção Estadual se confirmou com um espaço plural para demonstrar posições e argumentos sobre o que cada militante e candidato a deputado pensa sobre o futuro do Rio Grade do Sul. Foram dezenas de manifestações durante cerca de cinco horas de evento.

O colegiado também oficializou as nominatas (confira no arquivo logo abaixo deste texto) de candidatos a deputado estadual e federal. Foram indicados 26 nomes à Câmara dos Deputados e 38 à Assembleia Legislativa.

Atualmente, o MDB tem quatro deputados federais e oito deputados estaduais.

PARA LER NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo